51 casais oficializam a união em casamento comunitário no Pontão

Date:

Share post:

Foi às margens do Lago Paranoá que 51 noivos celebraram a união civil na 8ª edição do Casamento Comunitário promovido pelo Governo do Distrito Federal (GDF). Essa foi a primeira vez que a solenidade ocorreu no Pontão do Lago Sul. As edições anteriores tiveram o auditório do Museu Nacional da República como cenário. Com a nova celebração, o DF já ultrapassou a marca de mais de 300 casais beneficiados.

O “sim” dos nubentes ocorreu no fim da tarde deste domingo (3) em uma estrutura montada no Pontão com direito a flores, música ao vivo e marcha nupcial. Diante da juíza de paz Mirtala Carvalho Delmondez, do cartório de Sobradinho, de autoridades locais e dos convidados, os casais mudaram o status de solteiros para casados em uma cerimônia repleta de emoção.

Os casais foram maquiados e penteados por alunos e colaboradores do Senac-DF | Foto: Paulo H. Carvalho/ Agência Brasília

Desde a primeira edição, em 2020, a política pública instituída por decreto tem como objetivo garantir os direitos civis da família aos noivos e estimular o convívio familiar. O programa é voltado para casais residentes no DF, hipossuficientes e que desejam a habilitação, o registro e a certidão de casamento.

“Estamos regulamentando a situação de algumas pessoas que já estão juntas há muito tempo”

Marcela Passamani, secretária de Justiça e Cidadania

“Estamos regulamentando a situação de algumas pessoas que já estão juntas há muito tempo. Isso é a garantia de direitos e de cidadania, e mostra a dedicação do Governo do Distrito Federal”, afirmou a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani.

Para a secretária Marcela Passamani, o casamento comunitário é “garantia de direitos e de cidadania”

Todos os beneficiados ficam isentos dos custos e ainda têm acesso a vestido de noiva, terno, buquê e maquiagem concedidos pelo GDF, por meio da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus-DF) e por parcerias com a sociedade civil e a iniciativa privada, a exemplo do Sistema S responsável pelo preparo das noivas que ocorreu no Senac, no Setor Comercial Sul.

O diretor do Senac DF, Vitor Corrêa, celebrou mais um trabalho conjunto com o governo. “Quero parabenizar com muita alegria o Governo do Distrito Federal por liderar esse programa tão sensível, carinhoso, respeitoso e amoroso. Os casais passaram a manhã inteira conosco e nossos colaboradores e alunos que participaram da maquiagem e do preparo das noivas. São 57 anos de história contribuindo economicamente e socialmente com o DF”, classificou.

O esperado ‘sim’ dos casais foi dito em estrutura montada no Pontão do Lago Sul

Responsável por ceder o espaço da cerimônia, a administradora do Pontão, Sandra Campos, destacou a relação do espaço com as relações românticas. “Aqui foi o cenário de inícios felizes e agradeço a Sejus de nos deixar fazer parte desse momento tão especial agora que é o casamento”, revelou.

Sonhos realizados

Evani Pereira realizou o sonho de se casar depois de 12 anos de união com o noivo

Há 12 anos morando junto com o noivo Francisco de Souza, a atendente Evani Pereira finalmente está realizando o sonho do casamento. “Sou grata a Deus por esse momento. O GDF está de parabéns pelo projeto. Tem gente da minha família que agora quer casar também”, afirmou entre risos. Junto, o casal tem três filhos, a mais nova é a Maria Lis de poucos meses. “A gente sempre quis casar. O que impedia era a questão financeira. Creio que não teria condições de fazer um casamento perfeito desse, com vestido e penteado”, acrescentou.

Foi num grupo de WhatsApp que o jardineiro Mauricio Carlos Celestino ficou sabendo do programa e disse para a companheira Nildes Silva, com quem está há 15 anos, “agora é a nossa chance, vamos?”. Não demorou para a noiva inscrevê-los. “Ela já estava me pressionando há muito tempo, então deu tudo certo. Tiro o chapéu para toda essa estrutura que é top e praticamente tudo é de graça. A equipe toda está de parabéns e eu e minha esposa também”, definiu.

Elizete Monteiro: ” Minha filha também está casando aqui hoje. Hoje é um dia muito feliz”

O aposentado Francisco Batista de Assis, 67 anos, viu no Casamento Comunitário a chance de oficializar a união de oito anos com Maria José Moreira Furtado, 64. “já estamos com idade avançada. Então a gente resolveu se casar e cá estamos para ter mais paz na velhice. O coração está a mil”, comentou.

A cozinheira Elizete Monteiro vive junto com Carlos da Silva há 30 anos, mas só agora tiveram a chance de casar e a cerimônia foi ainda mais especial do que eles imaginaram. A filha deles, a auxiliar de informática Karen Souza, também casou com o companheiro Persus Menet, com quem já estava há 11 anos.

“Me inscrevi e não fui sorteada. Tinha ficado triste. Quase na última etapa do 8ª Casamento Comunitário me ligaram chamando para vir. Inclusive minha filha também está casando aqui hoje. Hoje é um dia muito feliz”, afirmou Elizete.

The post 51 casais oficializam a união em casamento comunitário no Pontão appeared first on Agência Brasília.

spot_img

Notícias relacionados

Educação como ferramenta de mudança: Investimentos no futuro dos mais pobres

A educação tem sido reconhecida globalmente como um dos pilares fundamentais para o combate à pobreza e a...

Teatro Goiânia recebe espetáculo “Entre memórias”

Sobre memórias e aprendizados, a apresentação de dança será às 19h30 O Teatro Goiânia, unidade da Secretaria de Estado...

Studio Y no Bloco do Carneiro

O Studio Y estará presente no Bloco do Carneiro, no Deck Mambo com sua tradicional ação de retoques...

Palavra Comunicação lança Videocast

As jornalistas Alessandra Câmara e Bia Tahan, da Palavra Comunicação, lançam nos próximos dias o Videocast: Com a...