Governo Lula se prepara para negociar reforma administrativa diante de pressão do Congresso

Date:

Share post:

Diante dos sinais enviados pelo Congresso, o governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT) já se prepara para negociar uma possível reforma administrativa a partir da retomada dos trabalhos do Legislativo, em fevereiro. O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), busca aprovar essa reforma, que também conta com apoio no Senado. Caso o governo não negocie, o Congresso poderá aprovar sua própria versão da reforma. Ministros do governo afirmam que a oposição ao texto não será suficiente para barrá-lo, uma vez que o tema conta com amplo apoio na atual composição conservadora e liberal do Congresso.

Após adiar o debate sobre a reforma administrativa em 2023, focando em outros temas urgentes, como a reforma tributária e o arcabouço fiscal, o governo de Lula agora volta sua atenção para essa questão. A reforma administrativa segue a linha defendida pelo mercado de reduzir os gastos governamentais nas esferas federal, estadual e municipal. Assessores do governo concordam com a crítica de que até agora houve poucos avanços nas medidas para cortar gastos, sendo o foco principal a elevação da arrecadação. Diante dessa cobrança, o governo busca aproveitar a votação da reforma administrativa para acabar com os salários milionários e incluir o fim dos supersalários no pacote, contando com o apoio de Rodrigo Pacheco e aliados de Lula.

Essa movimentação do governo Lula visa evitar ser atropelado pelo parlamento na discussão da reforma administrativa. Com o apoio tanto na Câmara quanto no Senado, e considerando a atual composição conservadora e liberal do Congresso, espera-se que a proposta seja aprovada mesmo sem a negociação do governo. A estratégia do governo agora é aproveitar a oportunidade para conter os gastos governamentais e combater os salários milionários, buscando dar respostas à cobrança por medidas de corte de despesas. O desafio será conciliar os interesses do governo com as expectativas do Congresso, em um debate que se mostra crucial para a gestão administrativa do país.

spot_img

Notícias relacionados

Educação como ferramenta de mudança: Investimentos no futuro dos mais pobres

A educação tem sido reconhecida globalmente como um dos pilares fundamentais para o combate à pobreza e a...

Teatro Goiânia recebe espetáculo “Entre memórias”

Sobre memórias e aprendizados, a apresentação de dança será às 19h30 O Teatro Goiânia, unidade da Secretaria de Estado...

Studio Y no Bloco do Carneiro

O Studio Y estará presente no Bloco do Carneiro, no Deck Mambo com sua tradicional ação de retoques...

Palavra Comunicação lança Videocast

As jornalistas Alessandra Câmara e Bia Tahan, da Palavra Comunicação, lançam nos próximos dias o Videocast: Com a...