Memorial de Brumadinho: Um Espaço de Homenagem e Denúncia Cinco Anos Após a Tragédia

Date:

Share post:

O memorial de Brumadinho, construído em um amplo jardim de 9 hectares próximo à mina Córrego do Feijão, foi inaugurado cinco anos após a tragédia que devastou a região. O pavilhão de aproximadamente 1,5 mil metros quadrados abriga um espaço dedicado às famílias das vítimas, onde podem se conectar com seus entes queridos e prestar homenagens. Além disso, o memorial também serve como um local de denúncia, narrando a verdadeira história da tragédia. A construção do memorial foi uma exigência dos afetados pelo rompimento da barragem, e sua gestão será realizada pela recém-criada Fundação Memorial de Brumadinho, protagonizada pelos familiares das vítimas.

O projeto do memorial, assinado pelo arquiteto Gustavo Penna, foi escolhido pelas próprias vítimas e apresenta uma série de simbologias. O pavilhão conta com um espaço meditativo com vista para o jardim, onde 272 ipês amarelos estão plantados em homenagem às vidas perdidas. O visitante percorre um trajeto que remete a uma linha do tempo, refletindo sobre as consequências da tragédia e o processo de luto. Ao final, encontra-se uma escultura geométrica suspensa que representa uma cabeça chorando, acompanhada por uma queda de água. O memorial busca ressignificar a tragédia, usando peças retiradas dos escombros e proporcionando um ambiente de memórias.

A Vale, responsável pela barragem rompida, arcou com o custo da construção do memorial, mas a Associação dos Familiares das Vítimas e Atingidos pelo Rompimento da Barragem em Brumadinho (Avabrum) não aceitou que a mineradora administre o espaço. Após um impasse, foi selado um acordo em agosto de 2023, estabelecendo a criação da Fundação Memorial de Brumadinho, que será responsável pela gestão do memorial. A Vale se tornou instituidora da fundação, mas não terá a governança sobre o espaço. O memorial de Brumadinho representa não apenas uma homenagem às vítimas, mas também uma denúncia das falhas da mineradora e da necessidade de revisão na indústria da mineração.

spot_img

Notícias relacionados

Educação como ferramenta de mudança: Investimentos no futuro dos mais pobres

A educação tem sido reconhecida globalmente como um dos pilares fundamentais para o combate à pobreza e a...

Teatro Goiânia recebe espetáculo “Entre memórias”

Sobre memórias e aprendizados, a apresentação de dança será às 19h30 O Teatro Goiânia, unidade da Secretaria de Estado...

Studio Y no Bloco do Carneiro

O Studio Y estará presente no Bloco do Carneiro, no Deck Mambo com sua tradicional ação de retoques...

Palavra Comunicação lança Videocast

As jornalistas Alessandra Câmara e Bia Tahan, da Palavra Comunicação, lançam nos próximos dias o Videocast: Com a...