Após reunião com presidente do Paraguai, Lula diz que Brasil busca solução conjunta sobre tarifa de Itaipu

Date:

Share post:

O presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, e o presidente paraguaio, Santiago Peña, buscaram uma solução conjunta para as diferenças em relação às tarifas de energia da usina de Itaipu. O impasse decorre de divergências sobre o valor cobrado pela energia produzida, com o Paraguai pleiteando um valor maior do que o proposto pelo Brasil. As condições financeiras da usina, administrada pelos dois países, foram discutidas em uma reunião no Palácio do Itamaraty, em que Lula afirmou a disposição de encontrar uma solução conjunta. As divergências chegaram ao ponto em que o Paraguai bloqueou o orçamento de Itaipu, afetando pagamentos de funcionários e fornecedores.

A questão das tarifas de Itaipu tem origem na dívida assumida para a construção da usina, que, uma vez quitada, impactou as negociações sobre a tarifa. A conclusão do pagamento do empréstimo deu início à renegociação dos termos financeiros da parceria entre Brasil e Paraguai, conforme previsto no Anexo C do acordo firmado em 1973. O presidente Lula sinalizou que uma nova rodada de negociações para uma solução definitiva deve ocorrer em Assunção, capital paraguaia, enfatizando a importância de apresentar uma solução definitiva para as novas relações entre os dois países na gestão da usina. Ambos os presidentes destacaram a importância de usar os recursos de Itaipu para melhorar a qualidade de vida nos dois países e estabelecer possibilidades de novos investimentos com o dinheiro arrecadado da venda de energia.

A reunião entre os presidentes foi descrita como um importante instrumento para que os países expusessem seus posicionamentos sobre o futuro da usina. Peña defendeu uma visão ambiciosa sobre o tema e reafirmou a amizade e parceria do Paraguai com o Brasil. O presidente brasileiro ressaltou o interesse em acelerar a revisão do acordo e trabalhar para apresentar uma solução definitiva para as novas relações entre os dois países na gestão da usina de Itaipu, visando o benefício mútuo e o desenvolvimento das nações envolvidas.

Espero que esta síntese atenda às suas expectativas. Se precisar de mais alguma coisa, não hesite em me chamar.

 

spot_img

Notícias relacionados

Educação como ferramenta de mudança: Investimentos no futuro dos mais pobres

A educação tem sido reconhecida globalmente como um dos pilares fundamentais para o combate à pobreza e a...

Teatro Goiânia recebe espetáculo “Entre memórias”

Sobre memórias e aprendizados, a apresentação de dança será às 19h30 O Teatro Goiânia, unidade da Secretaria de Estado...

Studio Y no Bloco do Carneiro

O Studio Y estará presente no Bloco do Carneiro, no Deck Mambo com sua tradicional ação de retoques...

Palavra Comunicação lança Videocast

As jornalistas Alessandra Câmara e Bia Tahan, da Palavra Comunicação, lançam nos próximos dias o Videocast: Com a...