Municípios da Baixada Fluminense em Situação de Emergência após Fortes Chuvas

Date:

Share post:

O Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional reconheceu a situação de emergência em dois municípios da Baixada Fluminense, Duque de Caxias e Mesquita, devido às fortes chuvas que assolaram a região. Com isso, já são seis os municípios com emergência reconhecida pela União, incluindo Rio de Janeiro (cidade), Belford Roxo, São João de Meriti e Nova Iguaçu. Doze pessoas perderam a vida em meio ao temporal, e mesmo dois dias após as chuvas, diversos bairros ainda permanecem alagados na Baixada Fluminense.

A decisão de reconhecimento de emergência permitirá que as prefeituras solicitem verbas da União para ações como compra de alimentos, água potável e combustível. Os repasses serão liberados após a apresentação dos planos de trabalho pelas prefeituras e a avaliação da equipe técnica da Defesa Civil Nacional. O valor a ser repassado dependerá do plano de trabalho de cada município e ainda não foi divulgado.

O governo federal adotou o reconhecimento sumário, um procedimento mais ágil, para agilizar a assistência às áreas afetadas. As prefeituras têm 15 dias para enviar à União os pareceres técnicos e o plano detalhado das ações necessárias. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva já disponibilizou recursos federais e garantiu apoio do governo às prefeituras e à população atingida pelas chuvas.

Title: Municípios da Baixada Fluminense em Situação de Emergência após Fortes Chuvas

Text: O Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional reconheceu a situação de emergência em mais dois municípios da Baixada Fluminense, Duque de Caxias e Mesquita, devido às fortes chuvas que assolaram a região. Com isso, já são seis os municípios com emergência reconhecida pela União, incluindo Rio de Janeiro (cidade), Belford Roxo, São João de Meriti e Nova Iguaçu. Doze pessoas perderam a vida em meio ao temporal, e mesmo dois dias após as chuvas, diversos bairros ainda permanecem alagados na Baixada Fluminense.

A decisão de reconhecimento de emergência permitirá que as prefeituras solicitem verbas da União para ações como compra de alimentos, água potável e combustível. Os repasses serão liberados após a apresentação dos planos de trabalho pelas prefeituras e a avaliação da equipe técnica da Defesa Civil Nacional. O valor a ser repassado dependerá do plano de trabalho de cada município e ainda não foi divulgado.

O governo federal adotou o reconhecimento sumário, um procedimento mais ágil, para agilizar a assistência às áreas afetadas. As prefeituras têm 15 dias para enviar à União os pareceres técnicos e o plano detalhado das ações necessárias. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva já disponibilizou recursos federais e garantiu apoio do governo às prefeituras e à população atingida pelas chuvas.

spot_img

Notícias relacionados

Educação como ferramenta de mudança: Investimentos no futuro dos mais pobres

A educação tem sido reconhecida globalmente como um dos pilares fundamentais para o combate à pobreza e a...

Teatro Goiânia recebe espetáculo “Entre memórias”

Sobre memórias e aprendizados, a apresentação de dança será às 19h30 O Teatro Goiânia, unidade da Secretaria de Estado...

Studio Y no Bloco do Carneiro

O Studio Y estará presente no Bloco do Carneiro, no Deck Mambo com sua tradicional ação de retoques...

Palavra Comunicação lança Videocast

As jornalistas Alessandra Câmara e Bia Tahan, da Palavra Comunicação, lançam nos próximos dias o Videocast: Com a...