Ministério Público de Mato Grosso pede volta à prisão de líder religioso acusado de abusar sexualmente de mulheres com chá indígena

Date:

Share post:

O Ministério Público de Mato Grosso (MPMT) está pedindo ao Tribunal de Justiça que o líder religioso de 64 anos, acusado de usar um chá indígena conhecido como hoasca para dopar mulheres e cometer abusos sexuais, seja novamente preso em Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá. O promotor de Justiça, Saulo Pires de Andrade Martins, afirma que a liberdade do acusado representa risco para as vítimas, já que ele possui influência na região e poderia buscar vingança ou constrangê-las. O religioso foi solto na sexta-feira passada e o MPMT busca garantir a segurança coletiva e a ordem pública, além de assegurar a aplicação da lei penal.

De acordo com a Polícia Civil, três vítimas já denunciaram o líder religioso, sendo uma em Lucas do Rio Verde, uma em Sinop e outra em Alta Floresta. A delegada Ana Caroline Lacerda, responsável pelo caso, informou que o suspeito aproveitava sua posição dentro do centro religioso para cometer os crimes durante os rituais, tendo levado atendimento espiritual às outras duas cidades. As investigações apontam que o acusado manipulava psicologicamente as vítimas, convencendo-as a participar de rituais espirituais nos quais praticava os abusos sexuais após a ingestão do chá indígena denominado hoasca.

O líder religioso havia sido preso preventivamente em agosto de 2023, após três denúncias de abuso sexual durante tratamentos espirituais. As vítimas acreditavam que receberiam cura espiritual, mas acabavam sendo vítimas de toques corporais indevidos, atos libidinosos e, em um dos casos, até mesmo de relação sexual, após a ingestão do chá hoasca. A bebida, que contém ingredientes alucinógenos, tem origem em plantas encontradas na floresta amazônica e é utilizada há séculos por grupos indígenas. O caso evidencia a necessidade de proteção às vítimas e a garantia do cumprimento da lei diante de abusos sexuais cometidos por indivíduos influentes em suas comunidades.

spot_img

Notícias relacionados

Educação como ferramenta de mudança: Investimentos no futuro dos mais pobres

A educação tem sido reconhecida globalmente como um dos pilares fundamentais para o combate à pobreza e a...

Teatro Goiânia recebe espetáculo “Entre memórias”

Sobre memórias e aprendizados, a apresentação de dança será às 19h30 O Teatro Goiânia, unidade da Secretaria de Estado...

Studio Y no Bloco do Carneiro

O Studio Y estará presente no Bloco do Carneiro, no Deck Mambo com sua tradicional ação de retoques...

Palavra Comunicação lança Videocast

As jornalistas Alessandra Câmara e Bia Tahan, da Palavra Comunicação, lançam nos próximos dias o Videocast: Com a...