Passeio ciclístico em Aparecida cobra o fim da violência contra as mulheres

Date:

Share post:

Programação realizada neste sábado (9) buscou conscientizar também para a defesa dos direitos da população feminina

A Prefeitura de Aparecida, através da Secretaria de Política Públicas para Mulheres, realizou neste sábado (9) o passeio ciclístico Por Todas Elas. Promovida em alusão ao 8 de março (Dia Internacional da Mulher), a iniciativa buscou conscientizar as mulheres para que elas conheçam seus direitos e denunciem às autoridades qualquer tipo de agressão, seja física, emocional, verbal ou patrimonial.

O passeio ciclístico percorreu ruas e avenidas da região central de Aparecida. Saiu do Residencial Araguaia, ao lado da OAB Subseção Aparecida, e seguiu até a Cidade Administrativa Maguito Vilela, no Solar Central Park.

No caminho, as participantes levaram mensagens de valorização, apoio, encorajamento, motivação e carinho para com as mulheres.

A primeira-dama e secretária de Assistência Social, Sulnara Santana, e a secretária de Políticas Públicas para Mulheres, Tia Deni, discursaram em defesa da iniciativa.

“Estamos aqui para fazer a mulher ter conhecimento daquilo que é direito dela. E, além disso, para que sejamos valorizadas; que nós, como mulheres, possamos nos elevar todos os dias diante do espelho e dizer ‘eu posso, eu quero, eu consigo porque lá em cima tem um Deus maior”, ressaltou Sulnara Santana.

Tia Deni reverberou a mensagem de Sulnara e acrescentou: “Vamos ver e praticar a sororidade, nos colocar no lugar da outra. As mulheres têm que lutar para sair de relacionamentos violentos, de relações abusivas”.

O prefeito Vilmar Mariano lembrou que março é um mês de luta pela independência das mulheres no mercado de trabalho. Ele afirmou que em seu governo, além de ter criado a Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres e a patrulha Maria da Penha, da Guarda Civil Municipal, aumentou a participação das mulheres no 1º escalão da gestão municipal. Elas chefiam hoje seis pastas da administração.

“A nossa missão agora é fazer da cidade de Aparecida a mais segura no estado para a mulher”, complementou Vilmar Mariano.

“Denuncie, participe, fale”, incentiva participante

A técnica de enfermagem Juliana Batista Ramalho, de 40 anos, compareceu para reforçar o coro na mensagem pelo fim da violência contra a mulher. “A gente tem que estar unidas sempre, informando as mulheres para estarem cientes dessa situação. Denuncie, participe, fale”, disse a ciclista, moradora do bairro Porto das Pedras.

Rejane Lúcia Vieira, professora na rede pública de Aparecida, também esteve no evento para dar exemplo na luta pela valorização e proteção das mulheres. A docente de 46 anos, que mora no setor Serra Dourada 3, deixou um recado para as aparecidenses. “Não tenham medo de denunciar qualquer tipo de violência.”

Ato simbólico lembra as vítimas de feminicídio

No final do passeio ciclístico foi realizado um ato simbólico, em que as participantes soltaram balões brancos aos céus em memória das mulheres vítimas de feminicídio.

A programação terminou com sorteio de duas bicicletas, em parceria com a Metha Bikes. As premiadas foram Ariceli Jéssica Esteves Bessa e Vera Lúcia Nascimento.

Realizado com apoio também da OAB e Polícia Militar, o evento teve participação ainda das secretárias Professora Idelma Oliveira (Educação), Valéria Pettersen (Meio Ambiente e Sustentabilidade) e Bruna Lomazzi (Transparência, Fiscalização e Controle), e de Kassy Anne Silvestre, esposa do deputado estadual Veter Martins.

spot_img

Notícias relacionados

Ao lado de Caiado, Daniel, Gustavo e Sandro, prefeito Vilmar se filia ao União Brasil

­Vilmar une base do governador em Aparecida e vai disputar reeleição com apoio de UB, MDB e quase...

Prefeitura de Aparecida inaugura moderna central semafórica nesta terça-feira

Espaço contará com monitoramento em tempo real dos semáforos da cidade, além de integração com aplicativo Waze que...

Prefeito Vilmar assina ordem de serviço para construção de nova Casa de acolhimento para crianças em Aparecida

Espaço irá garantir a segurança de integralidade de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade ou risco de violência O...

Vacinação contra a gripe segue em 38 postos de Aparecida de Goiânia

Idosos, gestantes, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, pessoas com deficiência ou comorbidades, trabalhadores da...