23°C
Clear sky

Abstenção pode ter atrapalhado eleição do Dr. Ezizio

    Como já era esperada, o número de eleitores que não compareceu nestas eleições para voltar foi muito alto, chegando a mais de 30% de abstenções, o que acabou prejudicando muitos candidatos aparecidenses como Dr. Ezizio Barbosa (MDB), que teve quase dois mil votos.

  De acordo com ele, seu eleitorado é formado em sua maioria por pessoas com idade acima dos 50 e 60 anos, que não eram obrigadas a votar por conta da pandemia do novo coronavírus, apesar das metidas de segurança implementadas pela justiça eleitoral. “São pessoas que fazem parte do grupo de risco e preferiram seguir as orientações de especialistas para evitar aglomerações, por isso perdemos muitos votos”, explica Dr. Ezizio.

    Apesar do resultado, ele agradeceu em suas redes socias cada voto digitado nas urnas. “São quase duas mil pessoas que levantaram cedo num domingo para apoiar o nosso projeto, porque acreditam em nosso trabalho. Portanto não há nada que lamentar, muito pelo contrário, só temos que dizer nosso muito obrigado e comemorar”, acrescentou o emedebista.

   Ainda segundo ele, além da sua votação expressiva, ver o prefeito Gustavo Mendanha como o prefeito com a maior votação histórica do país enche a todos de orgulho e ele está pronto para colaborar no que for preciso com o próximo mandato de Gustavo. “Ele é um homem trabalhador e tem um secretariado jovem, cheio de garra como o secretário de Articulação Política, Tatá Teixeira e estou à disposição para colaborar e continuar trabalhando em prol do povo aparecidense, pois Aparecida de Goiânia tem muito a oferecer em termos de administração para o Estado de Goiás e para o Brasil”, concluiu.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp