16°C
Clear sky

Alunos da Escola do Futuro criam app de transporte

Os estudantes Lucas Carneiro (17), Luiz Fernando (17), Gabriela Dourado (16) e Thalis da Silva (16), alunos da Escola do Futuro do Estado de Goiás (EFG) Sarah Kubitschek, localizada em Santo Antônio do Descoberto, criaram um aplicativo de mobilidade urbana e apresentaram a novidade no principal evento de tecnologia e inovação do planeta: a Campus Party, durante a edição realizada em Goiás, de 15 e 19 de junho.  

Os jovens foram orientados pelo professor Ciro Rockert, que, além de dar aulas na EFG Sarah Kubitschek, unidade vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), trabalha no Centro Educacional (CED) Myriam Ervilha, parceiro no projeto, e pelo programador Maurício Martins. As EFGs foram criadas pelo governador Ronaldo Caiado, em 2021, como forma de reestruturar o ensino técnico e profissionalizante do Estado.

Atualmente quatro estão em funcionamento, todas sob a responsabilidade da Sedi. Elas são administradas pela Universidade Federal de Goiás (UFG), desde o ano passado, após convênio firmado entre o Governo de Goiás e a instituição de ensino superior.  

Durante uma das aulas com o professor Ciro Rockert, os alunos idealizaram um aplicativo para ajudar a população a enfrentar um antigo problema de Santo Antônio e região: falta de opção de transporte e preços mais baratos do que os já praticados no mercado. Com o suporte da EFG Sarah Kubitschek, os jovens criaram o Tilary, já disponível para os sistemas Android e iOS.

Assim como os concorrentes, o app também oferece, por meio de uma plataforma digital, serviços de delivery, mototáxi e transporte particular, porém com uma taxa menor. “Atualmente, eles trabalham para levantar mais motoristas e usuários, e aumentar o número de cidades que utilizam o app, cliques de anúncios e faturamento”, detalha Ciro Rockert ao reforçar que o resultado alcançado foi possível após os alunos passarem por uma verdadeira imersão por conteúdos de empreendedorismo, códigos, ferramentas tecnológicas, teorias e metodologias usadas por grandes empresários do Vale do Silício.  

“O sentimento desses jovens é de autorrealização. Eles criaram algo que vai ajudar a população, mas também os ajudará financeiramente. Eles não se veem mais apenas como estudantes; são empreendedores e têm noção disso”, completa o professor. “Lançamos o aplicativo durante a Semana das Profissões das EFGs, com a presença da comunidade”, complementa o diretor da escola de Santo Antônio, Leandro Nery. Ele conta que, além deste projeto, outros 12 devem ser desenvolvidos em parceria com o Centro Educacional Myriam Ervilha. Outra novidade, revela Nery, será a criação de um núcleo específico de desenvolvimento de aplicativo na unidade Sarah Kubitschek.

O app Tilary foi apresentado pela primeira vez na Campus Party Brasília 2022, realizada no último mês de março. A expansão de atuação prevê, para breve, os municípios de Águas Lindas de Goiás e, do lado do DF, além de Água Quente, onde já funciona, as cidades-satélites Samambaia e Recanto das Emas. 

O post Alunos da Escola do Futuro criam app de transporte apareceu primeiro em Agência Cora Coralina de Notícias.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp