30°C
Overcast clouds

Aparecida de Goiânia adquire 20 novos respiradores e passa a contar com 176 UTI’s Covid

Equipamentos chegaram neste domingo (21) de Jaraguá do Sul (SC), sob escolta da Guarda Civil Municipal de Aparecida; máquinas já estão sendo instaladas no Hmap

A Secretaria Municipal de Saúde de Aparecida (SMS) adquiriu neste 20 novos respiradores. Os aparelhos chegaram neste
domingo (21) e vão atender
pacientes do Hospital Municipal de Aparecida (Hmap) em tratamento contra a Covid. Eles já estão sendo instalados no local e vão começar a operar ainda nesta semana, segundo a SMS.

De fabricação nacional, as máquinas vieram de Jaraguá do Sul (SC). Com os 20 novos respiradores, a oferta de UTI’s exclusivas para covid no município chega a 176 leitos.

A SMS investiu R$ 1,2 milhão na aquisição dos respiradores. Os recursos são do custeio próprio da Secretaria Municipal de Saúde.

“A implementação desses respiradores representa, consequentemente, a abertura de 20 novos leitos de UTI no Hospital Municipal, o que reforça ainda mais nossa estratégia de enfrentamento à Covid em Aparecida. São equipamentos determinantes na recuperação dos pacientes”, ressalta o secretário municipal de Saúde, Alessandro Magalhães.

A rede de saúde pública de Aparecida de Goiânia tem agora 352 leitos hospitalares estruturados para tratamento exclusivo de covid, dos quais 176 são de UTI. Esses 352 leitos estão distribuídos no Hmap, no Centro Municipal de Especialidades, no Hospital Garavelo e no Hospital Santa Mônica, sendo essas duas últimas unidades pertencentes à rede privada, mas com leitos contratados pela Prefeitura de Aparecida para serem ofertados a pacientes do Sistema Único de Saúde, o SUS.

Escolta da Guarda Civil Municipal de Aparecida

Os caminhões que transportaram os respiradores de Santa Catarina até Aparecida foram escoltados por agentes da Guarda Civil Municipal de Aparecida de Goiânia (GCM), atendendo determinação do prefeito Gustavo Mendanha.

Coordenada pelo comandante da GCM, Weber Júnior, a operação logística começou na quarta-feira (17), com o deslocamento de duas viaturas da GCM e oito agentes da Guarda até Jaraguá do Sul. Eles percorreram mais de 3 mil quilômetros cumprindo a missão.

Weber Júnior conta que a operação, na volta, se desdobrou em duas etapas, com uma parada em Campinas (SP) para transferir a carga de um caminhão para uma carreta.

“Foi uma missão com vários caminhos perigosos, mas cumprimos bem a determinação de escoltar os respiradores em segurança, sabendo que eles contribuirão na recuperação de pessoas que realmente precisam”, conclui Weber Júnior.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp