27°C
Clear sky
Sobre a dose de reforço, Aparecida aplicou 130.080 doses. Foto: Secom

Aparecida ultrapassa mais de 1 milhão de doses de vacina contra a covid-19 aplicadas na população

Imunização segue em 39 postos fixos. SMS convoca moradores a receberem o reforço

No mês em que Aparecida completa o centenário, a cidade ganha mais um motivo para comemorar: 1.013.279 doses de vacina contra a covid-19 já foram aplicadas na população desde o início da Campanha, em 20 de janeiro de 2021, até esta segunda-feira, 23 de maio. Desse total, 900.712 foram destinadas ao público acima de 18 anos, 70.879 foram aos adolescentes de 12 a 17 anos e 41.688 doses foram administradas no público infantil. O município segue com a estratégia de imunização em 39 postos fixos.

“A vacinação contra a covid-19 foi um marco em todo o mundo, representando a esperança de um retorno à normalidade. Em Aparecida não foi diferente. Neste um ano e seis meses de Campanha trabalhamos incansavelmente, enfrentando diversos desafios e lançando mão de diferentes estratégias para superá-los. Avançamos! Contudo, é necessário nos mantermos vigilantes. Nesse sentido, a oferta de vacinas contra o SARS-CoV-2 segue na cidade a todo vapor, em 39 postos”, reforçou o secretário de Saúde de Aparecida, Alessandro Magalhães.

Balanço

Segundo levantamento da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), 437.003 pessoas acima de 12 anos receberam ao menos a primeira dose da vacina contra a covid-19. O número representa 91,44% da população nessa faixa etária, estimada em 477.878 habitantes. Além disso, 383.224 pessoas desse grupo completaram o esquema vacinal básico, seja com a segunda dose da vacina ou imunizante dose única. Esse total representa 80,19% dos moradores acima de 12 anos.

Sobre a dose de reforço, Aparecida aplicou 130.080 doses. Com esse número, estima-se que 30,77% da população adulta, que é o grupo autorizado a receber a terceira aplicação, procurou os postos, considerando que a população acima de 18 anos na cidade seja de 422.666 habitantes. Para além desses dados, a respeito da terceira dose, outros 21.284 idosos e imunossuprimidos receberam o segundo reforço.

Já a vacinação infantil alcançou 50% de cobertura do público-alvo com a primeira dose. Foram 29.318 imunizantes pediátricos D1 aplicados, sendo que, ao todo, a pasta estima que a cidade tenha 58.545 crianças de 5 a 17 anos. Além disso, 12.370 completaram o esquema básico com a segunda dose, representando 21,12% do grupo.

“Fico extremamente satisfeita em ver que mais de 80% da população acima de 12 anos já completou o esquema vacinal com as duas doses ou dose única. Porém, a aplicação do reforço também precisa avançar e hoje eu chamo a atenção para isso. Muitos já baixaram a guarda e, com a vida voltando ao normal, esquecem de procurar os postos para receber a terceira dose, sendo que ela também é muito importante e segura”, avaliou a coordenadora de Imunização de Aparecida, Renata Cordeiro.

Onde encontrar a vacina

As vacinas contra a covid-19 para adolescentes e adultos, isto é, para moradores acima de 12 anos, estão disponíveis na Central de Imunização, na Maternidade Marlene Teixeira e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS´s) dos bairros Andrade Reis; Colina Azul; Bairro Cardoso; Delfiore; Alto Paraíso; Bandeirantes; Bairro Ilda; Independência; Buriti Sereno; Campos Elíseos; Cândido de Queiroz; Caraíbas; Chácara São Pedro; Cruzeiro do Sul; Independência Mansões; Jardim Bela Vista; Jardim Boa Esperança; Jardim dos Buritis; Jardim dos Ipês; Jardim Florença; Jardim Olímpico; Jardim Paraíso; Jardim Tiradentes; Madre Germana; Nova Olinda; Papillon Park; Parque Trindade; Pontal Sul II; Residencial Anhambi; Residencial Garavelo Park; Retiro do Bosque; Jardim Riviera; Rosa dos Ventos; Santa Luzia; Santo André; Veiga Jardim e Expansul.

A Central de Imunização funciona de segunda a sábado, das 8 às 18h. A sala de vacinação da Maternidade Marlene Teixeira fica aberta de segunda à sexta, das 8 às 18h. Já as salas de vacinação das UBS´s funcionam de segunda à sexta, das 8 às 16h.

Em todos esses 39 locais estão disponíveis imunizantes para a primeira dose, segunda ou para os reforços. A D1 é aplicada mediante a apresentação de documento de identidade ou certidão de nascimento e cartão SUS ou CPF. Menores de 18 anos precisam estar acompanhados de algum responsável.

Já a segunda dose é aplicada mediante a apresentação de documento de identidade ou certidão de nascimento, CPF ou Cartão SUS e o Cartão de Vacinação, de acordo com os intervalos mínimos previstos entre a primeira e a segunda aplicação: 28 dias para a Coronavac e oito semanas para Pfizer e AstraZeneca.

Reforço

Além disso, qualquer pessoa acima de 18 anos que tenha recebido a segunda dose dos imunizantes Coronavac, AstraZeneca ou Pfizer há quatro meses já pode receber a dose de reforço (terceira dose) mediante a apresentação de documento de identidade ou certidão de nascimento, CPF ou Cartão SUS e o Cartão de Vacinação. Quem recebeu a dose única da Janssen também pode receber o reforço no intervalo de dois meses.
Já os idosos e imunossuprimidos que tenham recebido a terceira dose há quatro meses também podem receber a quarta dose da vacina. O segundo reforço é aplicado mediante a apresentação de documento de identidade ou certidão de nascimento, CPF ou Cartão SUS e o Cartão de Vacinação.

Vacinação infantil

Crianças de 5 a 11 anos podem ser vacinadas contra o novo coronavírus na Central de Imunização, na Maternidade Marlene Teixeira e nas UBS´s dos bairros Andrade Reis, Anhambi, Cardoso, Veiga Jardim, Retiro do Bosque; Jardim Olímpico; e Cândido de Queiroz. Para receber a proteção, elas precisam estar acompanhadas de um responsável legal e apresentar certidão de nascimento ou RG, cartão SUS ou CPF e o cartão de vacinação. Caso o responsável não possa acompanhar, basta assinar um termo de autorização, que deve ser apresentado no momento da imunização.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp