20°C
Clear sky

Audiência debate criação de data para conscientização sobre apraxia de fala na infância

Paulo Sergio/Câmara dos Deputados
Chico D’Ângelo, que pediu o debate, é autor do projeto que institui a data

A Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados promove audiência pública nesta quinta-feira (14) para discutir o Projeto de Lei 1274/22, que institui o Dia Nacional de Conscientização de Apraxia de Fala na Infância (AFI), a ser celebrado

anualmente, em todo o território nacional, no dia 14 de maio. O debate contará com a participação da Comissão Externa da Primeira Infância.

A audiência atende a requerimento do deputado Chico D’Ângelo (PDT-RJ), autor do projeto. “A apraxia de fala na infância é um tipo de transtorno que acomete a aprendizagem dos sons da fala. É considerada uma disfunção neurológica que atinge o planejamento e a programação das sequências de movimentos necessários para produzir a fala, pois o cérebro não envia os comandos adequados para os articuladores, dificultando a produção das palavras”, explicou o deputado.

De acordo com Chico D’Ângelo, esse transtorno atinge uma ou duas a cada mil crianças. “A maioria dessas crianças têm o raciocínio preservado, pensam o que querem comunicar, mas não conseguem converter esse pensamento em palavras. É como se a comunicação entre o cérebro e a boca fosse interrompida”, disse.

Foram convidadas para discutir o assunto com os parlamentares as representantes da Associação Brasileira da Apraxia da Fala na Infância (Abrapraxia) Fabiana Collavini e Mariana Chuy; e as fonoaudiólogas Elisabete Giusti e Helenice Cristina Silva de Melo Souza.

A audiência está marcada para as 14 horas, no plenário 8.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp