23°C
Clear sky

Basquete: seleção feminina busca vaga no Mundial de 2022

A seleção brasileira de basquete feminino já sabe qual será o seu caminho em busca de uma vaga para o Mundial de 2022, na Austrália. Após sorteio realizado pela Fiba (Federação Internacional de Basquete) na última terça-feira (23), foi definido que o Brasil enfrentará a Austrália, a anfitriã Sérvia e a Coreia do Sul entre os dias 10 e 13 de fevereiro.

Como a Austrália já tem vaga garantida, por ser sede do Mundial, Brasil, Sérvia e Coreia do Sul brigam por duas vagas.

Nosso grupo está definido para o Pré-Mundial Feminino:

Sede em Belgrado

🇧🇷 Brasil
🇦🇺 Austrália
🇷🇸 Sérvia
🇰🇷 Coreia do Sul

A Austrália joga, mas já está classificada por ser sede do Mundial. Brasil, Sérvia e Coreia brigam por duas vagas de 10 a 13 de fevereiro! pic.twitter.com/BctbS2vEDc

— Basquete Brasil – CBB (@basquetebrasil) November 23, 2021

“Esta é uma fase em que todas as equipes chegaram com méritos, tornando muito competitivo todos os grupos. Jogar com a Sérvia, atual campeã europeia, como sede, faz com que o grau de dificuldade seja elevado. A Austrália já classificada, por ser sede do Mundial no ano seguinte, e a segunda melhor equipe ranqueada do torneio, também tem seu favoritismo. A Coreia é a equipe que temos que vencer. Vai ser a primeira vez que enfrentaremos uma equipe asiática e vamos estudar ao máximo para estarmos o melhor preparados possível para essa partida. Enfim, acredito muito na capacidade da nossa equipe em superar essas dificuldades e classificar para o Mundial”, declarou o técnico José Neto após o sorteio.

Para buscar a vaga no Mundial, o Brasil inicia sua preparação no dia 21 de janeiro, com treinos ainda em solo brasileiro.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp