33°C
Overcast clouds

Bienal do livro volta a reunir grande público no Riocentro

O segundo dia da 20ª edição da Bienal do Livro, instalada no Riocentro e que irá até o dia 12, encerra a programação de hoje (4) com o cantor e compositor Lulu Santos. Com a mediação do jornalista Marcelo Cosme, ele vai falar dos 40 anos de carreira e lançar no palco da Estação Plural, o seu livro Lulu em Traço & Verso, que reúne letras e cifras musicais de seus grandes sucessos, ilustradas pelo artista gráfico Daniel Kondo. Além de um bom bate-papo, a mesa promete recordações afetivas e muita música.

Durante o dia, o público que novamente compareceu em grande número aos pavilhões, acompanhou várias atividades, entre elas o debate As desigualdades e as elites no Brasil, para questionar o rumo que teremos neste cenário de incertezas sanitárias, econômicas e políticas.

No Pavilhão Azul, integrantes da Academia Brasileira de Letras (ABL) debateram o tema: Acadêmicos pós-pandêmicos. A ideia era, através dos tempos, a filosofia, ou o amor pela sabedoria, nos ajuda a fazer uma reflexão sobre a atualidade.

O debate Em todas as mídias, com as autoras consagradas do universo pop juvenil, Thalita Rebouças e Paula Pimenta, teve ainda a presença do cantor e compositor Vitor Kley, autor estreante do livro infantil A turma do menino sol, que faz parte de um projeto musical com três volumes e clipes em animação.

A agenda deste sábado dava espaço também para o encontro Flup – da periferia para o centro, do centro para a periferia, para conversar com quatro personagens da primeira geração da Feira Literária das Periferias.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp