22°C
Overcast clouds

Brasileiro: Bragantino tem noite perfeita e goleia líder São Paulo

Brasileiro: Bragantino tem noite perfeita e goleia líder São Paulo
Via Agência Brasil by Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional

Noite de sonho para o Red Bull Bragantino e de pesadelo para o São Paulo. Nesta quarta-feira (6), o Massa Bruta não tomou conhecimento do líder da Série A do Campeonato Brasileiro e goleou por 4 a 2 no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), pela 28ª rodada da competição. O time dirigido por Maurício Barbieri foi superior durante os 90 minutos, criou várias chances e não tornou o placar mais elástico por conta de importantes defesas do goleiro Tiago Volpi.ebc.png?id=1398103&o=rssebc.gif?id=1398103&o=rss

Goleada em grande estilo do Massa Bruta! Primeiro tempo avassalador contra o líder! #BRRBB pic.twitter.com/uEuip1vALL

— Brasileirão Assaí (@Brasileirao) January 7, 2021
O resultado negativo se dá uma semana após a eliminação para o Grêmio na semifinal da Copa do Brasil, que aumentou a pressão pelo título brasileiro. O Tricolor não ergue uma taça desde 2012, quando venceu a Copa Sul-Americana. Com 56 pontos, o clube da capital paulista segue na primeira colocação e acabou se beneficiando da derrota do Flamengo para o Fluminense, também nesta quarta, mantendo a diferença para Atlético-MG e Flamengo (ambos com um jogo a menos) em sete pontos.

Na segunda metade da tabela, o Bragantino se fortaleceu na luta para se distanciar do Z-4. A equipe do interior foi a 34 pontos e assumiu a 12ª posição, na zona de classificação à próxima edição da Sul-Americana. O Massa Bruta ainda pode ser ultrapassado na rodada se o Atlético-GO superar o Vasco na quinta-feira (7), em Goiânia, às 19h (horário de Brasília). O Cruzmaltino, que abre a zona de rebaixamento, e o Bahia, primeiro time fora dela, estão seis pontos atrás do Braga.

Atropelo bragantino
A expressão de poucos amigos do técnico Fernando Diniz, flagrada pelas câmeras de TV aos 18 minutos do primeiro tempo, era possivelmente a mesma de milhões de torcedores são-paulinos pelo país. O Tricolor havia acabado de sofrer o terceiro gol de um Bragantino eficiente, que soube aproveitar os vários erros individuais do Tricolor. Aos três minutos, o atacante Claudinho se aproveitou de uma bola perdida pelo meia Daniel Alves, na entrada da área, para finalizar e abrir o placar.

NOITE DE REIS ???? no Nabizão!

Com quatro presentes de Claudinho, Raul, Fabrício Bruno e Artur, #RedBullBragantino goleia o líder, São Paulo, por 4 a 2 e volta a vencer no @Brasileirao. Pra cima, #MassaBruta!!!! ⚽️????????

???? Ari Ferreira pic.twitter.com/sWkPbB386u

— Red Bull Bragantino (@RedBullBraga) January 7, 2021
Dez minutos depois, novo erro do líder do Brasileiro, desta vez no campo adversário. O Massa Bruta puxou o contra-ataque e o meia Raul, com um leve toque na saída de Tiago Volpi, fez o segundo. Aos 15, na primeira investida que conseguiu construir, o São Paulo diminuiu com Tchê Tchê. O volante recebeu cruzamento de Daniel Alves pela esquerda e mandou para as redes. Mas na sequência, após cobrança de falta, o zagueiro Fabrício Bruno cabeceou no contrapé do goleiro tricolor.

O Bragantino seguiu pressionando a saída de bola do São Paulo e finalizando com perigo. Aos 22, 23 e 26 minutos, os chutes de fora da área do volante Ricardo Ryller, do meia Artur e do atacante Tomás Cuello passaram próximos à meta. O Tricolor até balançou as redes aos 37 com o atacante Brenner, mas o árbitro de vídeo (VAR) viu impedimento do meia Vitor Bueno no lance e anulou o gol. Para complicar, aos 44, em outra saída errada da zaga, Artur fez o quarto do Massa Bruta.

Volpi evita goleada maior
O cenário dos 45 minutos iniciais não se alterou nos finais. O Bragantino se manteve no ataque e só não ampliou aos sete e aos 12 minutos, com Claudinho e Artur, porque Volpi salvou. A missão são-paulina se complicou aos 14, com a expulsão de Tchê Tchê por cotovelada em Cuello, identificada pelo VAR. Aos 22, o goleiro tricolor fez duas grandes defesas em sequência, em batidas de Cuello e do lateral Edimar. Já aos 36, a trave evitou que o atacante Jan Hurtado fizesse o quinto.

Nos acréscimos, o São Paulo ainda descontou em lance confuso. Após cruzamento na área, o atacante Gonzalo Carneiro mandou para as redes. O lance havia sido anulado pela arbitragem por causa de um suposto toque de mão do lateral Léo, mas, após revisar a jogada no vídeo, o árbitro Luiz Flávio de Oliveira validou o gol tricolor.

O São Paulo volta a campo no domingo (10), às 16h, para o clássico diante do Santos, no Morumbi. Já o Bragantino joga novamente na segunda-feira (11), às 20h, contra o Atlético-MG, outra vez em Bragança Paulista. Os duelos são válidos pela 29ª rodada do Brasileirão.

– Via Agência Brasil by Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional – YWD 982292

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp