17°C
Clear sky

Bruno Peixoto pleiteia política de incentivo à prática da capoeira

Foi apresentado à Assembleia Legislativa de Goiás, pelo deputado Bruno Peixoto (UB), matéria que institui política estadual de incentivo à capoeira. O texto, protocolado sob o nº 1706/22, está tramitando na Comissão de Constituição, Justiça e Redação, onde aguarda conclusão do relatório por parte do deputado Wilde Cambão (PSD).
O deputado explanou que o objetivo da matéria é promover e preservar a prática da capoeira a partir da inclusão de todos sem qualquer forma de distinção ou discriminação, para a plena participação da sociedade no aprendizado do esporte.
Além disso, o parlamentar entende a capoeira como possibilidade de aprendizado e desenvolvimento cognitivo, psicomotor e socioafetivo.
A propositura determina as competências da política de incentivo que incluem a promoção de programas de divulgação da prática e da cultura da capoeira, além de inserir nas escolas da rede pública a prática e teoria da modalidade. Estabelece, ainda, que através da prática e da história da capoeira é possível socializar, disciplinar e educar os indivíduos a uma cultura de paz e não violência.
Para a viabilidade da iniciativa, o texto permite ao Estado fixar parcerias e convênios, com entidades públicas ou privadas. Fica determinado, também, que as diretrizes estabelecidas pelas associações e federações desportivas do estado de Goiás deverão ser respeitadas e as despesas da execução dessas políticas serão custeadas por verbas próprias ou existentes no orçamento vigente.
A matéria foi encaminhada à Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), onde foi distribuída ao relator, deputado Wilde Cambão (PSD). 

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp