26°C
Overcast clouds

Caixa d’água derrete no calorão de Goiás

A imagem parece meme de grupos de rede sociais, mas é pura verdade e não foi alterada. O fato aconteceu em Goianira no bairro Parque Boa Vista, cidade da região metropolitana de Goiânia. Era por volta das 14hs de ontem,1º, quando a dona de casa, Karla Gomes se deparou no quintal de casa com a caída d’água toda retorcida.

Ela conta que tomou um susto. “Achei que ela estava quebrando, pensei que ia cair no chão, fiquei desesperada”, relata Karla. Sem água armazenada, a dona de casa teve que tomar banho com a família na casa da mãe, que mora em Goiânia.

A caixa suporta até 500 litros de água e foi comprada há oito meses, depois do prejuízo ela disse que vai na loja onde comprou. “Estou com a nota fiscal e vou lá, eu quero meus direitos”, garante.

Apesar do susto o gerente do Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Estado de Goiás (SEMAD), André Amorim revela que no horário que foi registado o possível derretimento da caixa d’água, os termômetros na cidade de Goianira marcavam 36,9°c e, portanto, não é uma temperatura para derreter uma caixa d’água.

 “Essas caixas suportam de 45 a 50°c, ou seja, são distribuídas para várias regiões do país, inclusive onde as temperaturas são altas na maior parte do ano e não vemos este tipo de fenômeno. Acredito que pode ser um problema de fabricação”, defende.

 Se derreteu o não, o fato é que a população de Goiás e as caixas d’água devem se preparar porque para os próximos dias a previsão é de temperaturas lá nas alturas, Goiânia pode chegar a 39° novamente e cidades do interior vão ultrapassar facilmente os 40. Chuva só lá para a segunda quinzena de outubro.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp