25°C
Clear sky

Câmara aprova nome de Jaime Lerner para nova ponte entre Brasil e Paraguai; acompanhe

Arnaldo Alves/AEN
Lerner foi prefeito de Curitiba por três vezes e governador do Paraná por duas vezes

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 1984/21, do deputado Roman (PP-PR), que dá o nome de Jaime Lerner à nova ponte de integração Brasil e Paraguai, que está sendo construída entre Foz do Iguaçu, na região oeste do Paraná, e a cidade paraguaia de Presidente Franco. O projeto segue para sanção presidencial.

O texto foi aprovado com emenda do Senado que dá o nome de Jaime Lerner apenas ao trecho localizado no território nacional. O lado paraguaio da ponte será denominado Presidente Franco.

Arquiteto, urbanista, prefeito de Curitiba por três vezes e governador do Paraná por duas vezes, Jaime Lerner morreu em maio do ano passado. “Ele tinha como lema integrar os povos pelas suas obras. A ponte vai unir duas nações”, apontou o autor da proposta. “Os gênios começam a viver no coração das pessoas depois de sua partida. Jaime Lerner aceitava os diferentes. Figura bondosa e divertida que conquistava as pessoas. Sua obra e seu pensamento são marcas vivas que continuarão por muito tempo”, disse Roman.

Modernização e pedágios

Entre as obras de Lerner destacadas pelo deputado está a modernização do transporte público de Curitiba, o fechamento da Rua XV de Novembro e a criação de diversos parques urbanos na capital paranaense.

Apesar de ler o relatório favorável ao projeto, o deputado Sargento Fahur (PSD-PR) declarou que não concorda com a homenagem. “Com todo o respeito à memória do Jaime Lerner, eu não concordo com o nome da ponte porque este homem encheu o Paraná de pedágios”, disse.

Maior vão-livre

A obra da nova ponte de integração é uma parceria entre o governo federal, o governo do Paraná e a Itaipu Binacional. A ponte terá 760 metros de comprimento e um vão-livre de 470 metros – o maior da América Latina. Serão duas pistas simples com 3,6 metros de largura, acostamento de três metros e calçada de 1,7 metro nas laterais.

Mais de 80% do projeto já foi concluído. Faltam apenas 100,6 metros para a união do vão central entre Brasil e Paraguai.

Urgências

A Câmara dos Deputados aprovou requerimento de urgência para dois projetos:

– o Projeto de Lei 2676/21, do deputado Eros Biondini (PL-MG), que institui o Dia Nacional do Terço dos Homens. A data comemorativa celebra movimento que busca engajar na Igreja Católica homens de todas as gerações, mediante ato de fé e devoção, como estímulo fundamental à formação da família cristã e da sociedade como um todo.

– o Projeto de Resolução 79/2021, do deputado André Figueiredo (PDT-CE), que concede ao piloto de Fórmula 1 Lewis Hamilton o título de cidadão honorário do Brasil.

Os deputados Tiago Mitraud (Novo-MG), Otoni de Paula (MDB-RJ) e Erika Kokay (PT-DF) se manifestaram contra a urgência para as propostas, que, para eles, não têm a importância necessária para acelerar a tramitação no Plenário. “Sabemos que o Lewis Hamilton tem uma luta contra o racismo, mas não deveria ser a prioridade desta Casa. A prioridade deveria ser políticas para atender o povo brasileiro”, declarou Erika Kokay.

Tiago Mitraud sugeriu que a Câmara dos Deputados aprove um projeto de resolução para evitar que propostas sobre datas comemorativas e homenagens passem pelo Plenário.

Assista à sessão ao vivo

Mais informações a seguir

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp