31°C
Scattered clouds

Cassada decisão que derrubava decreto 14×14 e comércio volta a ficar fechado

Atendendo ação do Ministério Público Estadual, o presidente do Tribunal de Justiça de Goiás, desembargador Walter Carlos Lemes suspendeu a decisão da juíza Jussara Cristina Oliveira Louza publicada no final da tarde de ontem (2)que derrubava os efeitos do decreto 14 x 14, que obrigava o fechamento do comércio com atividades não essenciais por 14 dias e os outros 14 fechados. A decisão saiu 00:06 desta sexta-feira (2).

Na decisão ele alega que “o valor da vida não pode ser mitigado para preservar uma atividade empresária, ainda mais em momento em que a multicitada enfermidade ganha proporções avassaladoras ao sistema de saúde goiano.”

Para o MP-GO, ao contrário do que afirma a magistrada em suas decisões, o sistema de saúde desta capital encontra-se fragilizado para atender à crescente demanda de infectados por Covid-19.

Logo mais às 9hs da manhã o procurador-geral de Justiça de Goiás, Aylton Flávio Vechi, para falar sobre o pedido do MP atendido pelo Judiciário para suspender os efeitos das decisões que revogavam o decreto municipal divulgado nesta semana.

 

 

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp