18°C
Clear sky

Central de Achados e Perdidos do Metrô completa 46 anos

Nesta terça-feira (15), a Central de Achados e Perdidos (CAP) do Metrô completa 46 anos de funcionamento. Localizada na estação Sé, a central recebeu 21.276 itens encontrados nas estações e trens das linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha, 4-Amarela e 15-Prata, entre janeiro e maio deste ano, sendo 18% já devolvido a seus donos. 

Entre os itens recebidos, se destacam os cartões magnéticos, de Bilhete Único, carteiras de habilitação (CNH), crachás e papéis diversos, peças de roupas e carteiras de identidade. Somente este último item é responsável por mais de 10% dos objetos entregues na central neste ano, com um total de 2.291 documentos.  

De todas identidades que chegaram ao Achados Perdidos, 22 são de pessoas com o nome Maria, bem como 21 em nome de José, 15 de Antônio, 13 de Lucas, 13 de Gabriel, 12 de Luiz/s, 11 de Guilherme, 11 de Ana, 10 de Francisco e 9 de João. As estações com a maior incidência de itens encontrados e levados à central são: Corinthians-Itaquera (2.574), Jabaquara (2.534) e Sé (2.362). 

A Central de Achados e Perdidos do Metrô funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, exceto feriados. Todos os objetos encontrados nas estações das linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha, 4-Amarela e 15-Prata são enviados para lá. A exceção é a Linha 5-Lilás, que tem sua própria central na estação Adolfo Pinheiro. Os objetos ficam guardados à disposição dos interessados por 60 dias. Os itens não procurados são encaminhados para o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo e os documentos enviados para os respectivos órgãos emissores. 

O passageiro que acredita ter perdido um objeto ou bem pessoal no Metrô pode fazer a consulta presencialmente na estação Sé ou pelo site www.metro.sp.gov.br. Há também a opção da consulta pelo telefone da Central de Informações do Metrô (0800-7707722 / ligação gratuita), que durante a pandemia atende diariamente das 8h às 20h. 

O post Central de Achados e Perdidos do Metrô completa 46 anos apareceu primeiro em Governo do Estado de São Paulo.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp