27°C
Clear sky

Chuvas deixam 63 cidades em situação de emergência em Minas

As chuvas intensas em Minas Gerais provocaram situação de emergência em 63 cidades do estado. De acordo com o governo local, cerca de dez mil pessoas estão desalojadas e duas mil desabrigadas.

Os municípios de Salinas, Mato Verde, Rio Pardo de Minas e Porteirinha estão entre os mais afetados. As inundações ocorreram devido ao aumento do volume dos rios que cortam as áreas urbanas e rurais dos municípios. 

Estrago das chuvas na cidade de Salinas – Minas Gerais – Marco Evangelista/Imprensa governo de Minas Gerais/Direitos reservados

Uma força-tarefa coordenada pela Defesa Civil está ajudando as prefeituras a levar ajuda humanitária para a população atingida. 

O governo do estado está recolhendo doações de alimentos não perecíveis, itens de higiene pessoal e produtos de limpeza. Os produtos podem ser entregues nos batalhões da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. 

Outra medida adotada foi a antecipação dos recursos do ICMS, IPVA e do Piso Mineiro de Assistência Social para as cidades que declararam situação de emergência. 

A previsão é que o período chuvoso em Minas termine em março de 2022. 

Bahia 

Na Bahia, as fortes chuvas deixaram 126 municípios em situação de emergência.  De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o mês de dezembro de 2021 é considerado o mais chuvoso em 15 anos. As chuvas foram provocadas pelo fenômeno da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), que provoca a permanência de nuvens sobre uma determinada área por até quatro dias consecutivos.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp