27°C
Scattered clouds

Cinturão das Águas do Ceará recebe mais R$ 31,6 milhões em recursos federais

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) liberou o repasse de R$ 31,6 milhões para a continuidade das obras do Cinturão das Águas do Ceará (CAC). Esse é o segundo desembolso feito pela pasta neste ano para as obras, que estão com 66,73% de conclusão – o repasse anterior foi de R$ 15 milhões. O empreendimento é essencial para garantir segurança hídrica para 4,5 milhões de moradores na Região Metropolitana de Fortaleza.

Orçado em R$ 1,6 bilhão, o CAC já recebeu R$ 1,2 bilhão em recursos federais. A obra é tocada pelo governo do Ceará, que também investe R$ 393,5 milhões em contrapartidas. A previsão é que as obras sejam concluídas em dezembro de 2022.

O Cinturão das Águas do Ceará já está em pré-operação desde março deste ano quando as águas do Eixo Norte do Rio São Francisco foram liberadas a partir do Reservatório Jati rumo ao Reservatório Castanhão.

Em 13 de maio, porém, o bombeamento do Eixo Norte foi suspenso devido à manutenção do Trecho 1, entre o ponto de captação das águas e a Barragem Jati. A previsão é que os serviços sejam finalizados nesta terça-feira (8).

Projeto de Integração do Rio São Francisco

O Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco, que inclui o CAC, tem 260 quilômetros de extensão, três estações de bombeamento (EBI 1, 2 e 3), 15 reservatórios, oito aquedutos e três túneis. Todas as estruturas responsáveis pela passagem de água até o Reservatório Caiçara estão concluídas, restando apenas a recuperação da tubulação em Atalho e outros serviços complementares que não comprometem a pré-operação.

No total, o Projeto de Integração do Rio São Francisco soma 477 quilômetros de extensão e é o maior empreendimento hídrico do país. Quando todas as estruturas e sistemas complementares nos estados estiverem em operação, cerca de 12 milhões de pessoas serão beneficiadas em 390 municípios de Pernambuco, da Paraíba, do Ceará e do Rio Grande do Norte.

Com informações do Ministério do Desenvolvimento Regional

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp