18°C
Clear sky

Conferência Popular de Educação é realizada em Goiás, em parceria com a Comissão de Educação do Parlamento

O Fórum Estadual de Educação de Goiás (FEEGO) promove, nesta terça, 5, e quarta-feira, 6, em parceria com a Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, a etapa goiana intermunicipal da Conferência Nacional Popular de Educação (Conape) 2022. O evento é realizado de forma virtual, aberto a todos os profissionais da área da educação, mediante inscrição que pode ser realizada por meio deste link.
O encontro visa discutir eixos voltados para temáticas ligadas à educação, bem como as lutas, conquistas e direitos da categoria. Trata-se, de acordo com o titular do colegiado no Parlamento goiano, deputado Talles Barreto (União Brasil), de uma importante iniciativa para a valorização dos profissionais da área. “Na condição de presidente da Comissão de Educação, Cultura e Esportes da Assembleia Legislativa, acredito no debate para trazermos luz aos planos e políticas que permeiam a educação”, pontua o parlamentar. 
“A pandemia reforçou a importância dos professores, servidores e profissionais da educação e cada vez mais precisamos de ações incisivas para valorizá-los. É um momento de pensarmos coletivamente, acredito que a Conferência será um espaço para que educadores, Legislativo e Executivo possam buscar meios de reduzir o impacto na formação dos alunos, causado pela suspensão das aulas”, salienta o legislador.
Programação
A mesa de abertura está prevista para às 18h desta terça-feira, 5, com membros da FEEGO e entidades de composição. Em seguida, às 19h, haverá debate com o professor da Universidade de São Paulo (USP), Dr. Daniel Tojeira Cara, integrante do Fórum Nacional Popular de Educação. 
A conferência, com a temática “Reconstruir o País – a retomada do Estado democrático de direito e a defesa da educação pública e popular, com gestão pública, gratuita, democrática, laica, inclusiva e de qualidade social para todos”, será mediada pela professora da Universidade Federal de Goiás (UFG), Dr.ª Fabiane Oliveira.
No dia seguinte, seis eixos serão debatidos por profissionais da área, sendo eles:
– Décadas de lutas e conquistas sociais e políticas em xeque: o golpe, a pandemia e os retrocessos na agenda brasileira, sob a coordenação de Ivone Garcia, do Fórum Goiano de Educação Infantil (FEI-GO).
– Plano Nacional de Educação (PNE), Planos Decenais, Sistema Nacional de Educação (SNE), Políticas Setoriais e Direito à Educação, sob coordenação da presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (Sintego), Bia de Lima.
– Educação, Direitos Humanos E Diversidade: Justiça Social e Inclusão, sob a coordenação de Ana Santana, do Fórum Goiano de Educação de Jovens e Adultos (EJA).
– Valorização dos Profissionais da Educação: Formação, Carreira, Remuneração e Condições de Trabalho e Saúde, coordenado por Fabiane Oliveira, da Associação Nacional pela Formação dos Profissionais da Educação (Anfope).
– Gestão Democrática E Financiamento Da Educação: Participação, Transparência e Controle Social, coordenado por Cláudia Borges, do Fórum Goiano de Educação de Jovens e Adultos (EJA).
– Construção de um Projeto de Nação Soberana e de Estado Democrático em Defesa da Democracia, da Vida, dos Direitos Sociais, da Educação e do Plano Nacional de Educação (PNE), coordenado por Lueli Duarte, da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás (FE/UFG).

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp