21°C
Overcast clouds

Copa do Brasil: São Paulo bate Vasco e mantém sonho de título inédito

O São Paulo superou o Vasco novamente e se classificou às quartas de final da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira (4), o Tricolor, que busca o inédito título da competição, derrotou o Cruzmaltino por 2 a 1 no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, pelas oitavas de final.

ESTAMOS NAS QUARTAS DA @CopadoBrasil!#VamosSãoPaulo ???????? pic.twitter.com/caTVtpDtFb

— São Paulo FC (@SaoPauloFC) August 5, 2021

Os paulistas entraram em campo podendo até perder por um gol de diferença, já que ganharam a partida de ida, há uma semana, no Morumbi, em São Paulo, por 2 a 0. O adversário tricolor será definido em sorteio na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) nesta sexta-feira (6), às 15h (horário de Brasília).

Apesar da vantagem no placar agregado, foi o São Paulo quem tomou a iniciativa em São Januário. Aos 20 minutos, o lateral Reinaldo cobrou escanteio pela direita, o zagueiro Léo Pelé cabeceou na pequena área e o goleiro Vanderlei fez grande defesa. O rebote sobrou com Bruno Alves, que tentou desviar de barriga, no susto, acertando a trave. No lance seguinte, o Vasco até balançou as redes com Germán Cano, mas o juiz Anderson Daronco, com auxílio do VAR (árbitro de vídeo), anulou o gol por um toque de mão do volante Juninho na jogada.

A missão cruzmaltina ficou mais difícil aos 31 minutos, quando Léo Jabá foi expulso após falta dura em Reinaldo. Daronco, inicialmente, deu amarelo ao atacante, mas alterou a cor do cartão ao rever o lance no vídeo, por recomendação do VAR. Onze minutos depois, o lateral Luis Orejuela cruzou pela direita, livre, para o atacante Emiliano Rigoni, de cabeça, abrir o placar e complicar a vida dos anfitriões.

No começo do segundo tempo, aos quatro minutos, o meia Martín Benítez aproveitou a sobra de uma bola alçada na área e arrematou, contando com um desvio no zagueiro Leandro Castan para balançar as redes do ex-clube e aumentar a vantagem tricolor. O terceiro quase saiu aos 13, em tentativa de letra do atacante Pablo, na entrada da pequena área.

Mesmo com um a menos, o Vasco conseguiu diminuir. Aos 25, o goleiro Tiago Volpi defendeu, no primeiro momento, o chute do lateral Zeca, mas a bola rebateu no volante Liziero e foi para o gol. A tentativa de reação carioca, porém, foi novamente freada por uma expulsão. Aos 34 minutos, Leandro Castan perdeu equilíbrio ao correr atrás de Vitor Bueno, que partiu em direção à meta de Vanderlei, derrubando o atacante e levando o segundo vermelho da noite. Com dois a mais em campo, o Tricolor administrou o resultado.

Os dois times voltam a campo neste sábado (7), pelos respectivos campeonatos nacionais. O São Paulo visita o Athletico-PR às 18h, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 15ª rodada da Série A do Brasileiro. Mais tarde, às 19h30, o Vasco encara o Vitória no Barradão, em Salvador, pela 16ª rodada da Série B.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp