16°C
Clear sky

Coronel Adailton propõe que o Encontro de Culturas da Chapada dos Veadeiros se torne patrimônio cultural goiano

A proposta do deputado Coronel Adailton de n° 10128/22, visa tornar o Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros, patrimônio cultural e imaterial de Goiás. A matéria será encaminhada para Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) para análise de um deputado relator. 
O propósito é reunir expressões culturais tradicionais de Goiás, como a Catira e a Curraleira, dos foliões de São João da Aliança; a Sussa dos Kalungas do Vão do Moleque e do Vão de Almas; o Lundu e o Batuque da Caçada da Rainha de Colinas do Sul e o Congo da comunidade de Niquelândia e até de outros estados da Federação.
Coronel Adailton é presidente da Comissão de Turismo da Casa, e justifica que a valorização cultural, força, fé, alegria, resistência e diversidade são os valores que norteiam a história do Cavaleiro, como é chamada pela comunidade a Casa do Cavaleiro de São Jorge, no Distrito de São Jorge, na Chapada dos Veadeiros. Erguida em paredes de pedra toá, típica da região, com o propósito de ser um espaço democrático e aberto para manifestações da cultura popular tradicional, a Casa é um símbolo sustentável de fortalecimento das expressões da diversidade da cultura.
A proposta justifica ainda, que é tradição, em toda segunda quinzena do mês de julho, o Encontro de Culturas, receber, na Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge, espetáculos que unem música, dança e manifestações de fé, o que traduz a essência de povos indígenas, mestres, brincantes, catireiros, violeiros, artistas e representantes de diferentes tradições da cultura brasileira, refletindo a riqueza do patrimônio cultural imaterial produzido nos interiores do Brasil.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp