27°C
Scattered clouds

CPI da Covid será instalada em 27 de abril; presidente e vice devem ser eleitos

Oposição queria reunião na 5ª (22.abr). Pacheco fala em “condições sanitárias”

A 1ª reunião da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Senado que investigará a conduta do governo durante a pandemia e o uso de recursos da União transferidos para Estados e municípios foi convocada para as 10h de 27 de abril (3ª feira da semana que vem).

Os nomes do presidente e do vice-presidente devem ser escolhidos. Há acordo envolvendo a maioria dos integrantes da comissão para que o senador Omar Aziz (PSD-AM) comande o colegiado. O amazonense não é opositor, mas é crítico ao governo.

O acordo também envolve o nome de Renan Calheiros (MDB-AL) para ser relator. Renan foi próximo dos governos petistas e, agora, tem feito acenos ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O senador Otto Alencar (PSD-BA), o mais velho da comissão, com 73 anos, tem a prerrogativa de conduzir a eleição da mesa.

Senadores de oposição falam em articulação do governo para tentar adiar a instalação da CPI e traçar estratégias para evitar desgaste. Havia a possibilidade de instalar o colegiado já na 5ª feira (22.abr) agora. A ideia foi por água abaixo. O presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (DEM), fala em adequar os espaços para as condições sanitárias previstas para segurança dos congressistas.

Fonte: Poder 360

Texto:

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp