30°C
Clear sky

Declaração de vacinação deve ser apresentada à Agrodefesa até 7 de junho

Terminada a primeira etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa e raiva, a prioridade agora é a declaração dos animais vacinados, bem como de todos os animais da propriedade. O prazo para essa providência vai até 7 de junho. O presidente da Agência Goiana de Defesa Agropecuária, José Essado, adianta que a grande maioria dos pecuaristas já declarou a vacinação e também seus rebanhos, mas lembra que a determinação legal deve ser cumprida por todos.

As declarações de propriedades que tenham acima de 50 cabeças de bovinos e/ou bubalinos deverão ser feitas obrigatoriamente por via eletrônica no Sistema de Defesa Agropecuária de Goiás – Sidago. Para isso, o produtor precisará ter login e senha, que podem ser obtidos no ícone Sidago no site da Agrodefesa (www.agrodefesa.go.gov,br). A declaração de vacinação contra a raiva também deve ser feita via Sidago. Criadores que tenham até 49 cabeças podem fazer as declarações também presencialmente nas Unidades Locais da Agrodefesa. Contudo, a preferência deve ser por meio eletrônico.

Nas declarações presenciais os produtores precisam agendar previamente a entrega física dos documentos, o que deve ser feito no escritório da Agência do município onde está localizada a propriedade. A lista dos escritórios, com telefones, está no site da Agrodefesa, no link ‘Fale
Conosco’, no item ‘Unidades Regionais’.

Outros cuidados

Não serão aceitas declarações de vacinação encaminhadas à Agrodefesa via e-mail, fax ou Correios, sendo que eventuais inconsistências quanto ao lançamento da declaração da vacinação e do rebanho, via internet ou sob a forma impressa, deverão ser verificadas diretamente pelo produtor na Unidade Local da Agrodefesa do município onde se localiza a propriedade.

As informações relativas ao cadastro de propriedades e espécies constantes na declaração do produtor, de interesse da defesa sanitária animal, tais como endereço, telefone, e-mail, marca do rebanho e geolocalização (latitude e longitude em graus, minutos e segundos) deverão, obrigatoriamente, ser atualizadas no momento do lançamento e/ou entrega da declaração pelo produtor.

O post Declaração de vacinação deve ser apresentada à Agrodefesa até 7 de junho apareceu primeiro em Agência Cora Coralina de Notícias.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp