21°C
Clear sky

Delegado Eduardo Prado homenageia atuação voluntária da ONG Instituto Viver Melhor, em sessão na manhã desta 5ª-feira, 5

Na manhã desta quinta-feira, 5, o plenário da Assembleia Legislativa de Goiás sediou cerimônia de entrega de Certificado do Mérito Legislativo em homenagem aos profissionais do Instituto Viver Melhor e aos professores de jiu-jitsu da Escola de Artes Marciais Gracie Barra. O reconhecimento a 104 personalidades foi proposto pelo deputado Delegado Eduardo Prado (PL).
A cerimônia foi transmitida ao vivo pela TV Alego (canais 3.2 da TV aberta, 8 da NET Claro e 7 da Gigabyte Telecom), pelo site oficial do Parlamento e, ainda, pelo canal do Youtube.
Na abertura dos trabalhados, o parlamentar sublinhou a importância do reconhecimento a representantes das artes marciais, por se tratarem de instrumento de transformação de vidas, “por meio da disciplina que ajudam a moldar o cidadão, com valores”. Segundo Prado, a parceria com instituições sérias tem sido fundamental para dar andamento a projetos sociais. ”O trabalho realizado por vocês incentiva a segurança pública e combate à violência.” 
O parlamentar realçou a atuação da ONG Viver Melhor, com atuação em 20 bairros em Goiânia e Região Metropolitana, e a contribuição enquanto parlamentar, por meio de emendas, voltadas a garantir a continuidade das ações da instituição. “O trabalho sério desenvolvido pela ONG, é voltado para construir uma sociedade mais justa”, salientou. 
O legislador fez uma retrospectiva da própria história para ressaltar a importante influência da prática esportiva, o que também reconhece ser fundamental para a formação de muitos jovens, inclusive aqueles em situação de vulnerabilidade. Enquanto delegado, ele citou a própria trajetória, na qual  analisa, com base nas experiências de policial, que as mazelas sociais contribuem para a marginalidade. Exemplificou o caso do serial killer Tiago Rocha, cuja prisão se deu pela atuação de Prado e sua equipe. O parlamentar avaliou que, além do componente psicótico, houve como integrante fundamental à atuação criminosa, a condição de vulnerabilidade social.
Por fim, o parlamentar assinalou a importância do reconhecimento, como incentivo para que continuem suas atividades. “No momento em que faço homenagem, não quero que seja apenas uma simbologia, mas para que continuem a transformar realidades. Somos esperança dos que não têm esperança”, reafirmou. 
Além de Prado, a mesa diretiva foi composta pelo presidente do Instituto Viver Melhor, James Kennedy Guimarães Marques; mestre Carlos Augusto Vasconcelos de Andrade, proprietário da Escola de Jiu-Jitsu Gracie Barra; Eliza Doroteia Guimarães Reis, fundadora da ONG Henryque Pofahl; e Jacqueline Kennedy Guimarães Marques, diretora do Instituto Viver Melhor. 
James Kennedy, ao discursar em nome de todos os homenageados, agradeceu o deputado Delegado Eduardo Prado (PL), a quem ressaltou a parceria e honestidade. Agradeceu, ainda, a sua mãe Elisa Doroteia, fundadora da ONG, além de mestres e professores, bem como outros colaboradores responsáveis pela idealização e apoio ao projeto. 
James relembrou a história de fundação da instituição e pontuou que seus pais são “incansáveis”. Ele citou as ações promovidas pela igreja na qual a ONG surgiu, desde 2011, a exemplo do “Dia de Viver Melhor”, para oferecer diversos serviços sociais. Em 2016, chegaram à conclusão que um único dia de evento não era suficiente para atender as demandas e, em janeiro do ano seguinte, conseguiram registrar legalmente a ONG Viver Melhor.
”A missão da instituição é criar oportunidades e cidadania para as comunidades carentes. Resgatar valores éticos, sociais e morais visando a extinção da desigualdade racial”, afirmou. 
O dirigente da ONG enunciou o trabalho oferecido à comunidade, com aulas de reforço escolar, informática, música, artesanato, atendimento jurídico e artes marciais. “Os serviços oferecidos pela ONG são tão relevantes que serviram como objeto de estudo para teses de mestrado na Universidade Federal de Goiás (UFG)”, disse. 
Kennedy agradeceu a todos que se empenharam ao longo dos anos para a instituição alcançar o objetivo maior de ser solidário em ajudar o próximo. “A escola de artes marciais é pautada pela ética e defesa pessoal que cultiva uma vida saudável com raízes em irmandade, respeito, cooperação e integridade. Nosso lema é jiu-jitsu para todos, independentemente de classe social, limitações ou gênero. Nossa academia quer levar qualidade de vida à população.” 
Ao finalizar, Kennedy frisou que a academia oferece seminários de defesa pessoal e prevenção para mulheres vítimas de violência doméstica, e adolescentes vítimas de bullying, preceitos fundamentais do projeto. “Não podemos viver sem ajudar o próximo. Podemos levar Goiás e o Brasil a um lugar melhor, diminuindo drasticamente a pobreza, a mortalidade infantil, violências e uso de drogas. Por meio da educação podemos mudar o mundo”, concluiu. 
O dirigente finalizou ressaltando que voluntariado não é um serviço gratuito, mas uma tarefa que não pode ser paga.
Homenageados
Adolfo Kennedy Marques
Alessandra Rosa da Costa
Alessandro Bruno Viana Jucá
Amanda dos Santos Dias
Ana Bárbara Oliveira da Silva Santos
Ana Carolina Alves Cordeiro
Ana Carolina Lima Melo
Anita Mota Chadiak
Anna Paula Diogo de Medeiros
Antonio Carlos de Oliveira e Ribeiro
Antônio Maranhão Figueira Júnior
Arare José dos Santos
Aricelio Marcos da Silva
Aroldo Medina Neto
Bruno Teodoro Lopes Duarte
Carlos Augusto Vasconcelos de Andrade
Carolline Amaral Martins
Christiano Vieira de Melo
Cicero Cleiston da Cruz Alencar
Claudio Roberto dos Santos Araújo
Clésia Silvério Teixeira Abreu
Cristiano Vinícius de Morais
Dacivan Cardoso dos Reis
Daniel Barbosa Silva
Divina Eterna dos Santos
Edna Pires da Silva
Edson Ferreira
Eliza Doroteia Guimarães Reis
Emanoel Batista Neves
Feliph Alves Pinho
Fernanda Bessa Santos
Fernando Apolinário Bandeira
Fernando Barbosa Júnior
Frederico Nasser Repezza Issy
Genoveva Magda Marques
Halisson da Silva Morais
Henrique Braga Dantas
Henrique Delano de Matos 
Henryque Batista Climaco Pofahl
Higor Isaac Franco dos Santos
Inglesson de Lara da Luz
Jacqueline Kennedy Guimarães Marques
James Kennedy Guimarães Marques
Jeferson Luis da Siilva
Jesian Julia de Souza Salazar
João Francisco Sampaio de Bessa Santos
Joaquim Adauto Motta Ribeiro
Jorge Miguel Ribeiro
Josiel Leite da Silva
Josimar Marques
Julio Cezar Alves Lopes
Keven Nicolas Trindade Santos
Leandro Teodoro Pires de Lima
Lucas de Oliveira Pinto
Lucas Gabriel Fernandes de Sousa
Lucas Monteiro dos Santos
Luciene Silva Lima Pereira
Luis Roberto Dias
Luis Vittor Coelho Martins
Luiz Carlos Bueno
Manoel dos Reis Pereira Silva
Manoel dos Reis Pereira Silva Júnior
Marcos Antônio Alves da Silva
Marcus Vinicius Cavalcante Travasso
Maria do Carmo Carneiro Florentino 
Maria Inêz Soares de Bessa
Maria Vitória Fernandes de Freitas
Matheus Henrique Carvalho Lima
Paolla Julia Souza Santos
Pedro Felipe Patrício Costa
Rafael Dias Barbosa
Rapahel Batista Dias
Renato Dias Queiroz
Reverson Eduardo de Sousa
Rhuan Yuri Souza Marques
Ricardo Abreu Neri
Ricardo Divino Majela
Rilza Maria Delmondes de Jesus Siqueira
Robert Jorge Xavier Tuneca da Silva
Robson Souza dos Santos
Rodrigo Ramos Alves
Rodrigo Silva de Sousa
Rodrigo Alves de Souza Júnior
Rogerio Antonio dos Santos
Rogerio Rodrigues Pereira
Roosenvelt Moreira
Rosenvaldo Moreira Junior
Sandro Murilo Gomes
Sara Ingrid Silva Cavalcante Dias
Soares Miranda Resende
Tércio Luz de Bastos Filho 
Thaís Lorrany Moreira Mariano de Oliveira
Valdiney Barbosa de Oliveira
Verlaini Tadeu Guiotti Cintra
Vicente Duarte da Silva Júnior
Victoria El-Khatib Roriz
Waleska de Oliveira Souza
Wallison dos Santos Neves
Walquiria dos Santos Lima
Wanderlan Pereira Leal
Wellington Alves da Silva
Wenddy Kamilla Fernandes Ciriano
Wilson Nunes Costa Neto
Wilson Salazar do Amaral de Souza

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp