21°C
Scattered clouds

Depois do Pré-Olímpico, Rio de Janeiro recebe Sul-Americano de Remo

Desta terça-feira (9) até quarta (10), a Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, recebe o Campeonato Sul-Americano de remo. As competições acontecerão das 09:00 às 11:45. Se no qualificatório para os Jogos de Tóquio a equipe brasileira tinha apenas seis atletas em quatro categorias, nesse próximo desafio o time contará com 50 competidores. Os seis atletas que participaram do Pré-Olímpico: Lucas Verthein, que obteve a vaga para os Jogos de Tóquio no single skiff, Beatriz Cardoso, Vanessa Cozzi, Isabelle Falck, Emanuel Borges e Evaldo Becker também estarão nas composições dos barcos de duplas, quatro e/ou oito.

No total, o torneio terá 21 provas nas categorias masculina e feminina disputadas por seis países: Brasil, Uruguai, Paraguai, Panamá, Equador e Peru. As maiores embarcações com quatro e oito remadores são as grandes atrações. As classes individuais, skiff masculino e feminino (M1x e W1x, respectivamente), bem como as duplas de peso leve (LM2x e LW2x) ficaram de fora. Os vencedores do Pré-Olímpico da semana passada automaticamente se consagraram campeões da América do Sul. Levaram duas medalhas pela mesma competição.

A Seleção Brasileira de Remo se prepara para estrear amanhã no Sul-Americano, na Lagoa. Tem mulher na área técnica por trás desse time todo? Claro! @remobrasil @timebrasil #mulheres #mulheresquetreinam #esporte pic.twitter.com/hfwK79X5BE

— Remo Brasil (@RemoCBR) March 8, 2021
Desta vez as disputas estarão entre as duplas de peso pesado (também conhecida como classe aberta) que engloba todos os atletas com peso superior ao da categoria leve, que tem limite de 59 kg para mulheres e 72,5 kg para homens; além das provas com quatro e oito remadores, com e sem timoneiro. Na quarta-feira haverá uma prova extra, incluída a pedido do Brasil: a de Oito Feminino, que é significativa para o desenvolvimento da categoria no continente.

Na última edição do sul-americano, o Brasil ficou na quarta colocação no quadro geral com 16 medalhas, oito de prata e oito de bronze. O campeão foi o Chile que não participa desta vez.
O Campeonato Sul-Americano, inicialmente, seria disputado no final de semana, dias 13 e 14/03 como é habitual no calendário desportivo, mas em função da pandemia do coronavírus (covid-19), inclusive antes do Pré-Olímpico, o Comitê Organizador e a Confederação Sul-Americana de Remo decidiram adiantar as datas para que as delegações estrangeiras possam regressar aos seus destinos o quanto antes, pelos riscos de fechamento de aeroportos e fronteiras.

– Juliano Justo – Repórter da TV Brasil e Rádio Nacional – YWD 988133

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp