27°C
Clear sky

Deputada Delegada Adriana Accorsi promoveu homenagem aos policiais civis, em sessão especial na noite dessa 3ª-feira, 10

O Parlamento de Goiás homenageou a categoria dos policiais civis em comemoração ao Dia da Polícia Civil, que é celebrado anualmente em 21 de abril (data instituída de acordo com o Decreto-Lei Nº 9.208, de 29 de abril de 1946). A iniciativa foi da deputada Delegada Adriana Accorsi (PT), que presidiu o encontro e fez a entrega de Certificados do Mérito Legislativo a 57 pessoas. A solenidade ocupou o plenário Iris Rezende do Palácio Maguito Vilela, sede do Poder Legislativo estadual, na noite dessa terça-feira, 10. 
Os agraciados foram delegados, escrivães, agentes, papiloscopistas, datiloscopistas, psicólogos forenses, fotógrafos e líderes sindicais, aposentados e da ativa. A cerimônia contou com apresentação do coral Ugopoci em Vozes e de vídeo institucional da Polícia Civil do Estado de Goiás (PC-GO).
Na tribuna, a deputada, que é delegada de polícia há mais de 20 anos, ressaltou o compromisso solene assumido desde o início da carreira, “de sempre servir e proteger a população do estado com afinco, competência, dedicação e amor”. Ela afirmou serem essas as qualidades que motivam a homenagem aos policiais civis. 
A parlamentar reafirmou, ainda, que além de reconhecer o trabalho essencial da categoria, a sessão visava lembrar que, para a continuidade das funções, é necessário respeito e valorização, e uma maior proteção para a classe. “E, mais do que nunca, ser ouvida.” 
A petista falou da responsabilidade de cada um dos profissionais que compõem o conjunto das colunas que sustentam a instituição. “Porque são pessoas que saem de suas casas todos os dias, tendo plena consciência de que dependerá delas a resolução de um crime que abalou uma família que clama por justiça; a localização de uma criança, cujo desaparecimento tira o sono de sua mãe; a investigação e exposição de um esquema de corrupção, que fez faltar o lanche em uma escola ou medicamento em um hospital, e vários outros tipos de crimes e ocorrências cujo desenrolar das investigações mexem com as estruturas da sociedade.” 
“Não somos máquinas”
A deputada sublinhou ser por iniciativa do policial, o cumprimento da lei com rigor, a fim de superar os empecilhos que travam a vida da população. “No entanto, é preciso lembrar que esses mesmos policiais não são máquinas, que ao fim do dia, colocamos para carregar a bateria e no outro, cumprirem, mecanicamente, tudo de novo, sem descanso”, assinalou. 
Adriana continua em defesa dos profissionais. “Ao mesmo tempo em que trabalham diuturnamente em busca da verdade, da justiça, da promoção da paz e da proteção daqueles que mais precisam, também devemos lutar, de forma contínua pela valorização da nossa classe, em defesa da promoção e do aumento de vagas, da reposição salarial e por mais estrutura, para que possamos continuar a cumprir nosso dever com determinação, competência e dignidade”, frisou.  
A parlamentar citou dentre suas ações ao ser empossada, trabalhar pela reestruturação das delegacias de polícia e direitos dos policiais civis. “Desde então, luto arduamente pela valorização salarial dos membros da corporação, pela viabilidade das promoções e atenção ao estado psicoemocional dos nossos policiais.” 
Ao finalizar o discurso, a parlamentar relembrou e homenageou os delegados Antônio Gonçalves Pereira dos Santos, Bruno Rosa Carneiro, Osvalmir Carrasco Melati Júnior, Jorge Moreira da Silva e Vinícius Batista da Silva, e os peritos criminais Marcel de Paula Oliveira e Fabiano de Paula Silva, que perderam suas vidas no cumprimento do dever há dez anos, em acidente aéreo. “Embarcaram naquele helicóptero para cumprir a reconstituição de um crime, e morreram numa tragédia que devastou a vida de todos nós”, lamentou. 
Além da parlamentar na presidência da cerimônia, integraram a mesa diretiva: o delegado-geral do Estado, Alexandre Pinto Lourenço; Nelma Félix, presidente da União Goiana dos Policiais Civis (Ugopoci);  Renato Ricardo Rodrigues, presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Goiás (Sinpol); Edson Carneiro, diretor de esporte da Associação dos Delegados do Estado de Goiás (Adpego); e Jaqueline Santos. 
Escolha de vida
Em seu pronunciamento, Nelma reafirmou a importância da própria escolha profissional. “Me apaixono a cada dia por essa profissão”, frisou. Mesmo aposentada, afirmou que ser policial, “é uma escolha de vida”. A líder classista enalteceu o trabalho da categoria que representa: “Somos o caminho para que o cidadão tenha o senso de justiça cumprido”. 
Renato Ricardo relembrou a própria trajetória na área de segurança. Ao chegar da Inglaterra, decidiu prestar o concurso da polícia, e está há cerca de nove anos na corporação. “Assumo o compromisso de trabalhar pela categoria”, ressaltou. E considerou a homenagem como forma de reavivar a vontade dos profissionais de servir ao cidadão goiano.
Por sua vez, Edson Carneiro, que vem de uma família de policiais civis de carreira, disse que o reconhecimento é relevante para a categoria. 
Em sua fala, a presidente da Associação dos Papiloscopistas do Estado de Goiás, Jaqueline Santana, relembrou a criação do Instituto de Identificação e a vocação para o serviço de investigação. “É um prazer trabalhar para garantir a segurança pública no estado.” 
Capacidade técnica
O delegado-geral do Estado, Alexandre Pinto Lourenço, tratou do momento que a polícia vive, no qual a polícia de Goiás conquistou o protagonismo nas investigações, com um perfil que se destaca pela Inteligência, dedicação e uso de tecnologia. Para ele, o reconhecimento tem ultrapassado fronteiras. E, ainda, considerou o protagonismo nas investigações.
“O trabalho tem mais visibilidade pela capacidade técnica”, assinalou, ao comemorar a excelência do trabalho dos policiais de Goiás na perseguição e recuperação de criptoativos, tanto que a equipe foi convidada para ir aos Estados Unidos, compartilhar conhecimento com os profissionais do FBI. 
O delegado-geral afirmou que sua categoria vem ocupando espaço junto à sociedade, com reconhecimento. “Fico envaidecido e ver que meus colegas na vanguarda são reconhecidos.”
Lourenço também tratou das discussões, junto às entidades representativas das categorias, voltadas às garantias oferecidas aos profissionais. Com 18 anos de policial civil, e à frente da instituição, Alexandre afirma estar feliz com o trabalho que desempenha e os resultados. “A gente não quer mais nada, senão o bem da comunidade”, frisou. 
Homenageados:
Adriana Alcino da Silva
Adriana Xavier Ribeiro de Moura
Alexander da Silva Ferreira 
Alexandre Pinto Lourenço
Alinicia Leal Sberowsky Paçô
Ana Alice Oliveira De Freitas
Ana Lívia Batista Alves de Paiva
Arexildes Benedito Cid de Almeida
Baltazar Torres Leite Junior
Beatriz Xavier Ribeiro de Oliveira
Bruno Garajau Pimenta
Bruno Rodrigues Costa
Camila Carvalho Rodrigues
Carla de Bem Monteiro
Carlos Jose Ferreira de Oliveira
Darlan Alves Ferreira
Edson Mesquita de Sá
Eldo Campos Pereira
Emmanuella Gomes de Oliveira
Fátima Ceile Ribeiro da Silva
Felipe Silva Bandeira
Geraldo Rodrigues Pereira
Hamilton Jose dos Santos
Hermivan Francisco dos Santos
Igor Dalmy Moreira
Ivone Segatti de Sa
Jefferson Araujo Cardoso 
João Rodrigues dos Santos Filho
Joaquim Filho Adorno Santos
Jovani Cabral Ferreira
Juliana Cardoso Machado
Julianne Ramos de Menezes
Lais Nogueira Magno
Laudilino Nery Bueno
Leandro Dias Catini
Leonardo Ferreira Farias
Lidiane Antunes Menezes Longo
Magna Lucia Gonçalves
Manoel Messias Borges Neto
Marco Antônio de Mello Moreira
Maria Aparecida de Paiva e Silva
Maria das Graças de Oliveira
Maria Sebastiana de Carvalho Ferreira
Mário Nascimento Oliveto
Neocilia Guimarães Carneiro
Patrícia Donizete de Araújo Ribeiro Taveira
Paulo Sérgio Bernardo da Silva
Priscila Gonçalves Malta
Renato Ricardo Rodrigues
Ricardo Vilaverde de Oliveira
Rodrigo de Lima Palmeira
Valdivan Santos das Neves
Vanderly Rodrigues Olanda
Vera Lucia Nascimento Virgílio
Wagna dos Reis
Walter Pereira de Melo
Washington Luiz de Sousa Nogueira
Welton Pires da Rocha

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp