21°C
Clear sky

Deputado Iso Moreira foi transferido do Hospital Sírio-Libanês de Brasília para o Hospital Copa D’Or, no Rio de Janeiro

Internado desde fevereiro por conta da covid-19, o deputado estadual Iso Moreira (UB) foi transferido do Hospital Sírio-Libanês de Brasília para o Hospital Copa D’Or (na cidade do Rio de Janeiro) no dia 31 de março. Iso segue em estado grave em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Segundo a família, o deputado agora passa a ser acompanhado por um médico especialista em pulmão. Segundo boletim médico, Iso responde bem ao novo tratamento. Na segunda-feira, 5, ele reagiu a comandos médicos. 
Alessandro (filho do parlamentar) disse ao jornal O Popular que os órgãos do paciente estão em bom funcionamento e a pressão, estável. “O problema é só o pulmão, que tem sequelas, mas rins, coração, pressão, funcionam bem. Estamos otimistas com a recuperação pelas reações. Ele já deu uma evoluída”, disse.
Iso testou positivo para covid-19 dia 25 de janeiro. Ele chegou a ser intubado dia 8 de fevereiro, mas foi extubado (teve retirada de intubação) 12 dias depois. No dia 10 de março, o boletim médico apontou que o quadro clínico do deputado era estável, com resposta satisfatória a todos os comandos médicos e respirando normalmente. No dia 31 de março, houve a transferência dele de Brasília para o Rio. 
Conforme já esclareceu anteriormente, a esposa (Ildete Gomes) informou que o deputado tomou três doses da vacina contra a covid-19, sendo que a terceira dose foi tomada quatro meses antes do teste positivo. A mulher do deputado já tinha informado, também, que Iso Moreira não possui nenhuma comorbidade, como colesterol alto, diabetes, pressão alta, doença autoimune, problema respiratório ou pulmonar.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp