23°C
Overcast clouds

Em duelo eletrizante, Corinthians e Athletico-PR ficam no empate

Nesta quarta-feira (10), Corinthians e Athletico-PR fizeram uma partida extremamente movimentada na Neo Química Arena, em São Paulo, pela 35ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O empate por 3 a 3 mantém as equipes vivas na briga pela última vaga à próxima Libertadores, destinada ao oitavo colocado. Posição ocupada justamente pelo Timão, com 49 pontos. O Furacão, com 47 pontos, está em 10º lugar.

Fim de jogo na @NeoQuimicaArena. O Corinthians ficou no empate com o Athletico por 3 a 3 pela 35ª rodada do @Brasileirao. Próximo jogo será no domingo às 16h contra o Flamengo, fora de casa. pic.twitter.com/KKfaKRYj8q
— Corinthians (@Corinthians) February 11, 2021

Os primeiros 45 minutos na Neo Química Arena foram eletrizantes. Aos dois minutos, o meia Victor Cantillo lançou o lateral Fagner, que ajeitou de cabeça para Gustavo Mosquito. Dentro da área, o atacante deu um chapéu no zagueiro Pedro Henrique e fez um golaço. Antes dos dez minutos, o atacante Léo Natel teve duas oportunidades para ampliar, parando no goleiro Santos, e o meia Romulo Otero cabeceou à esquerda.

O Furacão conseguiu responder aos 13 minutos. O meia Fernando Canesin recebeu perto da meia lua e fez o pivô, rolando para o lateral Abner dominar pela esquerda e chutar forte, sem chances para o goleiro Cássio. Quatro minutos depois, o Corinthians voltou à frente. Após uma cobrança de escanteio, o zagueiro Gil escorou de cabeça e o volante Gabriel completou para as redes.

O terceiro quase saiu aos 32 minutos, mas Santos saiu bem do gol e evitou um golaço de cavadinha de Mosquito, com quem estava frente a frente. Como se fosse uma punição pelas oportunidades que os alvinegros desperdiçaram, o Athletico chegou novamente ao empate. Aos 33 minutos, depois de rodar um lado para outro da área, a bola foi em direção ao gol no bate-rebate. Cássio defendeu, mas Canesin aproveitou a sobra.

As equipes voltaram para o segundo tempo com o mesmo ímpeto. Aos seis minutos, Léo Natel e Mosquito, na mesma jogada, exigiram boas defesas de Santos. Aos oito, o Athletico perdeu um gol incrível. Depois de ficar sem ângulo ao driblar Cássio, o atacante Renato Kayser rolou para o meia Nikão finalizar em cima de Gil. A bola sobrou para o atacante Vitinho, que, mesmo sem goleiro, soltou a bomba no travessão.

Desta vez, foi o Furacão que pagou pela oportunidade perdida. Aos dez minutos, o meia Ángelo Araos escapou de dois marcadores e abriu para Mosquito, que invadiu a área pela direita e finalizou na saída de Santos, recolocando o Timão em vantagem. Aos 27, porém, Canesin cruzou da direita, a bola passou por Renato Kayser, mas não por Vitinho, que deixou tudo igual. Os times seguiram buscando a vitória, mas o empate prevaleceu.

As duas equipes voltam a campo no domingo (14). O Corinthians visita o Flamengo no Maracanã, no Rio de Janeiro, às 16h (horário de Brasília). O Athletico recebe o Atlético-GO na Arena da Baixada, em Curitiba, às 18h15. Os duelos valem pela 36ª rodada do Brasileirão. – Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional – YWD 985453

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp