29°C
Clear sky

Esposa pode ter mandando matar cartorário de Rubiataba

O pai da esposa da vítima também teria participação no crime. Há informações de que ele tem passagem por mandar matar a amante por causa de ameaças

A Polícia Civil de Goiás acaba de divulgar que amanhã, 30, dará detalhes da investigação que levou à prisão em flagrante de quatro suspeitos do homicídio que vitimou um cartorário na cidade de Rubiataba. Luiz Fernando Alves Chaves, 40 anos, dono de cartório na cidade, foi sequestrado na noite de terça-feira (28), no Setor Jardins, em Rubiataba.
Foram presos em flagrante nesta quarta-feira (29) dois executores, uma pessoa que forneceu a arma e que sabia da empreitada criminosa, e a esposa da vítima. Todos foram presos em Rubiataba, onde devem ficar custodiados. A prisão em flagrante se deu pelos crimes de homicídio qualificado, roubo circunstanciado e associação criminosa.
Os executores entraram na residência usando o controle do portão, sendo eles localizados na posse do aparelho. A Polícia Civil trabalha com a linha de investigação de um homicídio. Os executores receberiam R$ 5 mil mais a caminhonete da vítima (uma Hillux branca) pelo homicídio, que teria sido encomendado por um familiar da vítima.
Depois de sequestrarem a vítima, os executores fugiram rumo a Uruana. A PM os avistou em Carmo do Rio Verde, efetuando sua captura. O corpo da vítima foi encontrado por volta de 4h30 da madrugada, a 18 Km de Rubiataba, e a Hillux foi localizada em Uruana. Mais detalhes da conduta dos envolvidos e da motivação do crime serão explicitados amanhã, na coletiva.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp