31°C
Light Rain

Festival online reúne filmes que retratam periferias do país

Começa nesta segunda-feira (2), a primeira edição do Festival de Cinema Olhar Periférico. Até 15 de agosto, 33 curta-metragens selecionados serão exibidos na plataforma online Cultura em Casa. As produções, em diversos gêneros, como  documentário, ficção e animação, retratam as periferias de diversos estados brasileiros.

A mostra competitiva é dividida em quatro categorias: Olhar Feminino, Olhar Diversidade, Olhar Jovem e Todos os Olhares.

“Você pensa que são filmes de denúncia. Tem também, claro, existem filmes que retratam o universo da moradia, da luta de classe, mas o interessante do Olhar Periférico é justamente mostrar as fantasias, a ficção que existem nessas produções”, aponta o diretor do Festival, Eduardo Santana.

A seleção dos filmes foi feita a partir de 503 inscrições. “Foi uma surpresa”, revela Santana. Ele explica que o objetivo inicial era ter um mapeamento das produções brasileiras. “E conseguimos, conseguimos no resultado final dessas 33 produções representantes de todos os estados.”

Estão contempladas obras audiovisuais dos seguintes estados: Bahia, Goiás, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Norte, Ceará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Paraíba, Pará, Sergipe e Santa Catarina.

Além da competição, o festival terá uma mostra especial com exibição de oito longas-metragens premiados que retratam as periferias. Os filmes selecionados para a Mostra Cult ficam disponíveis por 24h  ou 48h na plataforma Cultura em Casa. O evento terá também um sarau 100% online com artistas selecionados em São Paulo. “Temos cantores, repentistas, cordelistas, drag, uma diversidade muito grande do olhar periférico”, enumera o diretor.

O nome dos premiados da mostra competitiva será divulgado no dia 14 nas redes sociais do festival. A escolha será feita por um júri técnico composto pela montadora de cinema Cristina Amaral, pela diretora de festivais Monica Trigo, pelo cineasta Matheus Rufino, pelo ator Francisco Gaspar e pela gestora cultural Paula Ferreira. O vencedor ganhará o Troféu Olhar Periférico.

A programação completa pode ser conferida no site do festival. 

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp