28°C
Scattered clouds

Fiocruz é eleita membro de programa de pesquisa e treinamento em doenças tropicais da OMS

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) foi eleita membro do Conselho de Coordenação Conjunto do Programa Especial de Pesquisa e Treinamento em Doenças Tropicais (TDR, na sigla em inglês) da Organização Mundial da Saúde (OMS) para mandato de janeiro de 2022 a dezembro de 2025. A entidade é composta por 28 membros, entre os quais representantes de governos de países, instituições de pesquisa e organismos multilaterais.

A Fiocruz mantém diversos projetos de pesquisa e desenvolvimento tecnológico que dialogam com a temática do programa, incluindo estudos contra a malária, a doença de Chagas, a tuberculose, a hanseníase, a filariose, entre outros temas relacionados à saúde pública. Pesquisadores da fundação também participam de várias redes de conhecimento sobre terapias, diagnósticos e vacinas.

O TDR faz parte de um programa global de cooperação técnica internacional administrado pela OMS. O objetivo é desenvolver mecanismos para prevenção e controle de doenças tropicais para fortalecer a capacidade de pesquisa dos países afetados.

A eleição da Fiocruz foi objeto de avaliação amplamente positiva pelo secretariado do programa especial, que reiterou interesse em aprofundar o diálogo, inclusive por meio da maior participação do Brasil no conselho. O último mandato como membro titular terminou em 2013. A fundação ocupará, agora, uma das quatro vagas reservadas para “parceiros de cooperação”.

Com informações do Ministério da Saúde

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp