32°C
Overcast clouds

Força-tarefa atua nas cidades baianas afetadas pelas chuvas

O governo da Bahia segue com a mobilização para salvar vidas, levar socorro às comunidades e liberar acesso nas rodovias atingidas pelos temporais. Já são 25 municípios em situação de emergência, de acordo com os decretos homologados e publicados no Diário Oficial. 

Cerca de 80 militares do Corpo de Bombeiros, além de 37 alunos e instrutores de cursos de salvamento, atuam nos resgate de vítimas e no apoio às comunidades, no extremo sul e em outras regiões do estado. Comida, água, medicamentos e outros itens estão sendo levados de forma prioritária para os moradores de 13 cidades.

Nas últimas horas, os militares verificaram o estado da ponte, no município de Itamaraju, e também atenderam ocorrências de desabamento em Várzea Alegre e Novo Prado, município de Prado. Gestantes e pessoas com comorbidades, em especial aquelas que fazem tratamento de hemodiálise, são prioridade no atendimento.

Em Jucuruçu, com a ajuda da população, foram improvisados acessos para as viaturas distribuírem cestas básicas. 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, os municípios afetados no extremo sul são: Eunápolis, Guaratinga, Itabela, Itamaraju, Itanhém, Jucuruçú, Medeiros Neto, Mucuri, Prado, Porto Seguro, Santa Cruz Cabrália, Teixeira de Freitas e Vereda. No sul são: Mascote, Itacaré, Itabuna, Ilhéus, Canavieiras, Camacan e Belmonte. Em outras regiões, tem também Apuarema, Conceição do Almeida, Caetanos, Encruzilhada, Ibicuí, Ipiaú, Itambé, Itaquara, Jequié e Macarani.

Reforço aéreo

O Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer) segue também engajado na força-tarefa nas regiões sul e extremo sul do estado, realizando ações para reduzir os impactos da enchente na população. Ao longo desta sexta-feira (10), os helicópteros Guardião 02 e 05 fizeram sobrevoo nas áreas alagadas para monitorar o alcance das inundações.

Acesso nas rodovias

A circulação de veículos no km 10 da BA-284, próximo ao acesso do distrito de São Paulino, entre o entroncamento da BR-101, em Itamaraju, e o distrito de Alho, já está totalmente liberada. O retorno do tráfego no local foi permitido após a execução das ações emergenciais pela Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra), na tarde de sexta-feira (10). Os serviços para a restauração da pista, que rompeu com as fortes chuvas do extremo sul baiano, ainda permanecem sendo feitos na rodovia.

Em outro ponto da BA-284, as ações para dar condições de trafegabilidade à via de ligação entre Itamaraju e o distrito de Alho foram iniciadas pela equipe técnica da Seinfra na manhã deste sábado (11). Os serviços de manutenção no km 17, em que a pista também cedeu devido ao período chuvoso na região, começaram após a chegada dos equipamentos, como escavadeiras. O trânsito no local continua interrompido e será retomado após a conclusão dos trabalhos.

Na BR-489, os motoristas que utilizam o trecho entre Itamaraju e Prado devem ficar atentos. O tráfego nos km 02, 13 e 13 da rodovia ainda está interditado por causa do rompimento da pista. Partindo de Prado, os equipamentos para realizar a requalificação da via têm a previsão de serem deslocados até o final da tarde deste sábado. A obra começará do km 15 e, na sequência, seguirá em direção aos km 13 e 02.

* Com informações do Portal Oficial do Estado da Bahia

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp