18°C
Clear sky

Goiás vai sediar a 8ª Conferência Nacional sobre Defesa Agropecuária em 2024

Um dos maiores e mais conceituados eventos da defesa agropecuária brasileira, a Conferência Nacional sobre Defesa Agropecuária, será realizado em Goiânia no período de 4 a 6 de junho de 2024. A decisão foi tomada hoje (8) durante Assembleia Geral Ordinária da Sociedade Brasileira de Defesa Agropecuária (SBDA) ocorrida no âmbito da 7ª Conferência que se realiza em Belo Horizonte (MG).

A equipe de engenheiros agrônomos e médicos veterinários da Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa) que participam do evento teve atuação decisiva para a vinda da próxima Conferência para Goiânia, especialmente com articulações junto aos dirigentes da Sociedade, incluindo a apresentação de vídeo institucional sobre Goiás cedido pela Secretaria de Comunicação do Governo de Goiás, e com argumentos sobre os avanços da defesa agropecuária no Estado, o potencial econômico, o destaque do setor agropecuário e as atrações turísticas.

O presidente em exercício da Agrodefesa, Augusto Amaral Rocha, destacou a importância da realização da Conferência em Goiás e elogiou o trabalho da equipe de profissionais da Agência que participam da edição deste ano, pelo empenho e atuação para que o Estado fosse a sede da próxima Conferência. “Vamos nos empenhar para, juntamente com a Sociedade Brasileira de Defesa Agropecuária, realizar um evento de grande relevância para Goiás e para o Brasil”, argumentou.

Articulações

A gerente de Sanidade Vegetal, Daniela Rézio e Silva, capitaneou a indicação de Goiânia como sede da Conferência de 2024, apresentando Goiás e Goiânia e também discorrendo sobre os avanços técnicos e operacionais alcançados pela Agrodefesa, que é referência entre as instituições de defesa agropecuária no País. O evento é promovido pela SBDA, e conta com parceria das Secretarias de Agricultura, Pecuária e
Abastecimento dos Estados, do órgão responsável pela defesa agropecuária – no caso de Goiás a Agrodefesa – e patrocínio de entidades de classe.

A Conferência Nacional sobre Defesa Agropecuária já se consolidou como um dos eventos mais importantes no segmento do agronegócio brasileiro, pelo caráter multidisciplinar e interinstitucional. É um fórum de ampla discussão da defesa agropecuária, com capacidade para debater e compartilhar conhecimentos e responsabilidades a fim de contribuir com a segurança alimentar nacional.

A Conferência é destinada a engenheiros agrônomos, médicos veterinários, técnicos em agropecuária, auditores e fiscais agropecuários, produtores rurais, pesquisadores, professores universitários, zootecnistas, profissionais de áreas afins e estudantes de ciências agrárias e empresas de produtos e serviços. O evento reúne em suas edições de 700 a mil pessoas provenientes de todos os Estados brasileiros.

Palestra

Na programação de hoje, Goiás teve mais uma participação especial. O engenheiro agrônomo fiscal estadual agropecuário Marcelo Corte Real, que é também conselheiro do Crea-Goiás, vice-presidente do Sindicato dos Fiscais Estaduais Agropecuários do Estado de Goiás (Sinfeago) e presidente da União Nacional dos Servidores da Defesa Agropecuária, proferiu palestra sobre o papel da entidade, destacando a importância dos serviços desenvolvidos pela categoria e defendendo os direitos e
interesses dos servidores dos órgãos de defesa agropecuária.

O médico veterinário Janilson Azevedo Júnior, gerente de Fiscalização Animal da Agrodefesa, participou de reunião com membros integrantes do Fórum Nacional de Executores de Sanidade Agropecuária (Fonesa), para discutir o Projeto de Lei nº 1293/2021, que dispõe propõe a delegação de ações na inspeção de origem animal e sobre a questão dos quatro Estados do Bloco IV do Programa Nacional de Vigilância para a Febre Aftosa (PNEFA) que não vão retirar a vacinação contra a aftosa em 2023.

Integram a comitiva da Agrodefesa em Belo Horizonte os médicos veterinários Lúcio Costa e Silva Cruz, Danielle Muniz Passos Aires, Fernanda Pacheco Balestra e Janilson Azevedo Júnior. E os engenheiros agrônomos Márcio Antônio de Oliveira e Silva, Giovani Bastos de Miranda, e Sávio Carrijo Carvalho. Também da Agrodefesa, mas como dirigentes e conselheiros do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás (Crea-Goiás), marcam presença também os engenheiros agrônomos Daniela Rézio e Silva, José de Souza Reis Filho e Marcelo
Corte Real.

O post Goiás vai sediar a 8ª Conferência Nacional sobre Defesa Agropecuária em 2024 apareceu primeiro em Agência Cora Coralina de Notícias.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp