33°C
Few clouds

Governo Federal doa imóvel para a Fiocruz ampliar atuação no combate à Covid-19

O Governo Federal, por meio do Ministério da Economia, autorizou a doação, com encargos, de um imóvel da União – localizado no município do Rio de Janeiro – à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), vinculada ao Ministério da Saúde. O objetivo é possibilitar a expansão da instituição e ampliar sua capacidade de atuação, principalmente em razão das novas demandas surgidas em função da crise sanitária da Covid-19. A medida consta da Portaria nº 11.521/21 , publicada no Diário Oficial da União dessa segunda-feira (4).

“Essa destinação é mais uma iniciativa do Governo Federal para ajudar no enfrentamento da pandemia. Com a nova área, a Fiocruz, que atua no controle de diversas doenças, dentre elas a Covid-19, poderá responder de forma ainda mais rápida e eficiente a questões de pesquisas na área de saúde”, afirma a secretária de Coordenação e Governança do Patrimônio da União, Fabiana Rodopoulos.

Trata-se de um terreno avaliado em R$ 60,3 milhões, situado na Avenida Brasil, em Manguinhos (RJ), em frente ao campus principal da Fiocruz. O local possui 58,2 mil m², sendo 15,7 mil m² de benfeitorias.

Por ser uma doação com encargos, a Fundação deverá instalar no local unidades técnicas e administrativas. Dentre outras ações planejadas, o espaço abrigará um novo prédio de pesquisas, visando à melhoria das áreas laboratoriais existentes, situadas em prédios muito antigos, o que impossibilita a realização de adaptações necessárias. O prazo para cumprimento do encargo vai até 31 de dezembro de 2022, com início a partir da assinatura do contrato, podendo ser prorrogado. Parte do imóvel já está em uso pela instituição, abrigando, por exemplo, a Escola Corporativa.

Nos últimos anos, as atividades da Fiocruz aumentaram significativamente, gerando necessidade de fortalecimento da instituição como parte integrante e estratégica do Sistema Único de Saúde (SUS). Novos desafios foram impostos na modernização e ampliação do parque edificado e sua infraestrutura.

A portaria que autoriza a doação também estabelece que a Fiocruz obtenha todos os licenciamentos, autorizações e alvarás necessários à implantação e à execução do projeto, bem como observe rigorosamente a legislação e os respectivos regulamentos das autoridades competentes e dos órgãos ambientais.

 

Com informações do Ministério da Economia

 

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp