28°C
Scattered clouds

Governo Federal investe quase R$ 30 milhões na reforma do aeroporto de Uberlândia

A capacidade do terminal de passageiros do Aeroporto Tenente Coronel Aviador César Bombonato, de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, passou de 1,7 milhão para 3,9 milhões de passageiros por ano. A duplicação da capacidade ocorreu depois que o Governo Federal realizou obras de reforma e modernização do aeroporto. 

O Ministério da Infraestrutura e a Infraero investiram R$ 29,75 milhões na ampliação e na modernização do terminal de passageiros, com recursos do Fundo Nacional de Aviação Civil (Fnac).

A nova área de embarque é quatro vezes maior que a antiga e a de desembarque agora possui o dobro de tamanho. O novo terminal possui dois pavimentos e uma nova fachada. No piso térreo funciona a parte de inspeção de passageiros e áreas comerciais. Situadas no primeiro piso estão as companhias aéreas, apoio às áreas comerciais, auditório e locais para treinamentos internos, além de acesso às galerias técnicas. Já o segundo possui um mirante com áreas comerciais. Além disso, o aeroporto ganhou nova cobertura para embarques e desembarques. Já o setor de restituição de bagagens conta com duas esteiras e também foram instalados novos elevadores e sanitários. Agora, a pista de pouso recebeu a certificação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

A cerimônia de inauguração do novo terminal ocorreu na manhã desta segunda-feira (25), e contou com a participação do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas. “Foram feitas intervenções na pista, foi feita uma reforma no pavimento, foi feito groove, ou seja, aquilo que era necessário para dar segurança para os usuários. Na sequência foi feito um balizamento moderno, um balizamento de led. Se procurou sanar as não conformidades do aeroporto para obter a certificação. E obter a certificação é mais segurança, mais tranquilidade para as companhias aéreas poderem voar, significa que vamos poder receber aeronave de maior porte, receber aeronave com maior frequência. Isso significa, no futuro, aumentar a oferta de assentos com a disponibilização de mais voos numa região que só vai crescer. E aumentar a oferta de assento significa reduzir tarifa”, afirmou o ministro. 

As obras no aeroporto de Uberlândia começaram em abril do ano passado e foram concluídas agora. “Hoje temos capacidade adicional para processar mais passageiros e absorver a demanda crescente que virá pelo agronegócio, pela agroindústria, pelo conjunto de infraestrutura que vão atender a região”, concluiu Tarcísio de Freitas.

Os pilares econômicos de Uberlândia estão na indústria e no setor de serviços. A cidade serve como sede para grandes empresas ligadas ao agronegócio e do mercado de varejo.

Complexo Viário do Taiaman

E o Governo Federal entregou mais uma obra em Uberlândia. O tráfego no Complexo Viário do Taiaman, na BR-365/MG, que corta o município, foi completamente liberado nesta segunda-feira. O evento também contou com a presença do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, do diretor-geral do DNIT, General Santos Filho.

Os investimentos do Governo Federal correspondem a cerca de R$ 26,6 milhões. A obra traz mais segurança aos motoristas e melhora a logística em um dos principais polos atacadistas do país. 

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) construiu uma trincheira com pistas duplicadas para o tráfego dos veículos da rodovia, em desnível com dois viadutos superiores para passagem do trânsito local, além de passagens de pedestres. A separação do tráfego urbano do tráfego de longa distância elimina um grande ponto de congestionamento na rodovia e aumenta a segurança dos usuários, principalmente dos locais que utilizam o trecho em deslocamentos pela cidade.

Situada na região do Triângulo Mineiro, Uberlândia movimenta um alto fluxo de veículos de carga, servindo como ponto de escoamento de grandes volumes de produtos agrícolas e manufaturados. A cidade ainda é rota de turistas que viajam de São Paulo para Goiás.

Mais obras

Além da entrega do complexo viário, o Governo Federal anunciou as obras de recuperação em via marginal de acesso à BR-365/MG, em Uberlândia, que apresentou desplacamento do pavimento em função das fortes chuvas ocorridas na região neste mês.

O DNIT também assinou ordem de serviço de manutenção da BR-381/MG, entre Ipatinga e Governador Valadares, e informou o aviso de licitação para os projetos de pavimentação de 12 quilômetros da BR-364/MG, entre Guarinhatã e o entroncamento com a BR-461/MG.

 

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp