27°C
Clear sky

Governo Federal possibilita alta tecnologia de conectividade por meio da Piec

O Governo Federal beneficiará, por meio do Ministério da Educação (MEC), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e Ministério das Comunicações (MCom), cerca de 266 mil estudantes de 473 escolas públicas das cidades de Caicó (RN), Campina Grande (PB), Caruaru (PE), Juazeiro (BA), Mossoró (RN) e Petrolina (PE) com internet banda larga de altíssima velocidade e infraestrutura interna WI-FI. A ação será viabilizada por meio da Política de Inovação Educação Conectada (Piec), que visa apoiar a universalização do acesso à internet de alta velocidade e fomentar o uso pedagógico de tecnologias digitais na educação básica.

O projeto-piloto da Piec foi desenvolvido pelo Governo Federal (no âmbito do MEC, do MCTI e do MCom) e implementado pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), com apoio de empresas privadas e do terceiro setor.

O projeto engloba cerca de mil unidades de ensino e a primeira fase englobará 473 unidades desse total. A RNP já concluiu a instalação de toda a infraestrutura interna para o pleno funcionamento da rede sem fio em cerca de 430 unidades. 150 dessas unidades já estão totalmente prontas para serem inauguradas.

Sobre a Piec

A Piec foi instituída em 2017, contabilizando um importante ponto na linha do tempo das políticas educacionais que envolvem a tecnologia, já que a mais recente política havia sido estabelecida há mais de vinte anos.

Para alcançar os objetivos estabelecidos, a Educação Conectada foi elaborada com quatro dimensões: visão; formação; recursos educacionais digitais; e infraestrutura. As dimensões se complementam e devem sempre estar em equilíbrio para que a utilização da tecnologia digital tenha efeito positivo na educação.

Além da universalização do acesso à internet, a Política também objetiva dar autonomia aos professores na adoção de tecnologias para a educação; estimular o protagonismo do estudante; ampliar o acesso a recursos educacionais de qualidade; e incentivar a formação de professores e gestores em práticas pedagógicas que promovam o uso de tecnologia.

Tanto as redes públicas de educação básica quanto as próprias escolas públicas podem aderir à Política de Inovação Educação Conectada: as redes, por meio do Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle (Simec); e as escolas, por meio do Sistema PDDE Interativo.

Com informações do Ministério da Educação

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp