26°C
Clear sky

Governo Federal supera 1,5 bilhão de dólares em exportações em 2021

Os avanços nas exportações da Base Industrial de Defesa (BID) foram destaque em apresentação do Ministro da Defesa, Walter Souza Braga Netto, no painel “Base Industrial de Defesa – Proteção, desenvolvimento e geração de empregos”, durante o segundo dia (08/12) da 6ª Mostra BID Brasil, realizada no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. Com novo recorde histórico, o setor de Defesa superou 1,5 bilhão de dólares na comercialização de produtos para o exterior, no mês de novembro de 2021. A meta é fechar o ano com a soma de 2 bilhões de dólares em exportações.

De acordo com estudo realizado, este ano, pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), em conjunto com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), a participação da Base Industrial de Defesa no PIB nacional cresceu mais de 8% no biênio 2019-2020 em relação a 2018, representando, atualmente, 4,78% do PIB nacional. Conforme o estudo, a taxa de crescimento da BID superou, em 2020, a de setores tradicionais da economia brasileira, como a construção civil, a agricultura e a extração de petróleo.

O setor nacional de Defesa possui 146 empresas cadastradas no Ministério da Defesa. O portfólio brasileiro é composto por aeronaves, embarcações, ferramentas cibernéticas para proteção de dados, radares, sistemas seguros de comunicação, armamentos, entre outros itens de alta tecnologia.

O painel, promovido pelo Ministério da Defesa, integra a programação da 6ª Mostra BID Brasil, da Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança (ABIMDE). Representantes da Apex, do BNDES, da CNI, parlamentares, empresários e delegações estrangeiras participaram também. O evento teve início na terça-feira (07/12) e encerra nessa quinta-feira (09/12).

Com informações do Ministério da Defesa

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp