31°C
Few clouds

Governo homenageia 54 policiais de SP que atenderam vítimas das chuvas na Bahia

O Governador João Doria homenageou, na manhã desta quarta-feira (12), 54 policiais de São Paulo que trabalharam no resgate e ajuda à população atingida pelas fortes chuvas registradas no sul da Bahia no mês passado.

A Força-Tarefa enviada pelo Governo de SP incluiu profissionais do Corpo de Bombeiros e do Comando de Aviação da Polícia Militar da Defesa Civil, que atuaram em ações de salvamentos e logística em apoio a desabrigados e à população em geral. A homenagem foi realizada durante o evento Policial Nota 10, que reconheceu o trabalho de policiais que se destacaram em ocorrências no estado de SP.

“Muito obrigado a todos que receberão as suas homenagens, não só a este time que foi à Bahia ajudar o povo baiano numa situação da tragédia que se abateu com as chuvas, mas também a todos aqueles da Polícia Militar e Polícia Civil que receberão o certificado de Policial Nota 10. Esse é um programa que iniciamos em janeiro de 2019 para homenagear elas e eles que atuam na proteção da população do estado de SP”, destacou Doria.

Ao todo, foram homenageados 26 integrantes das equipes de Bombeiros do Metropolitano, 18 do Comando de Aviação da Polícia Militar da Defesa Civil, oito da Defesa Civil e outros dois do Grupo de Resgate e Atenção às Urgências e Emergências. O grupo foi agraciado com o certificado de Policial Nota 10; iniciativa criada pela Secretaria da Segurança Pública para reconhecer e estimular o bom trabalho policial em todo o Estado.

O Governo de SP montou a força-tarefa para apoio ao Estado da Bahia e os profissionais começaram a se deslocar para Ilhéus no início da noite de 25 de dezembro, após determinação do então governador em exercício, Rodrigo Garcia. As equipes paulistas concentram as ações em um raio de 100 quilômetros no entorno da cidade de Ilhéus.

Ao longo de todo o período de trabalho, foram ao menos 25 missões humanitárias, incluindo a remoção de pessoas ilhadas, o translado de enfermos devido ao surto de gripe aos centros médicos, além de transporte de alimentos, medicamentos e materiais de higiene e limpeza para as pessoas isoladas, entre outras atividades.

Além do efetivo da força-tarefa, composto por oficiais e praças especialistas em resgates, salvamento e logística, o Governo de São Paulo disponibilizou quatro aeronaves para a ação. Dois helicópteros Águias foram disponibilizados para as operações de salvamento e resgate.

Dois aviões, do Comando de Aviação da PM, foram utilizados no transporte do pessoal e equipamentos. Parte dos bombeiros atuaram por via terrestre levando equipamentos de grande porte e de logística, entre eles nove embarcações, sete motores de popa, materiais de para mergulho e combustíveis.

Homenagens em SP

Durante o evento, Doria também homenageou 11 policiais militares, nove civis e seis técnico-científicos da capital e das regiões de Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Presidente Prudente e litoral norte com o certificado “Policial Nota 10”. Os casos de destaque envolvem o salvamento de um recém-nascido engasgado e de uma família cujo veículo caiu em um córrego.

Também há ocorrências que resultaram na prisão de autores de roubos, resgate de pessoas que seriam mortas por criminosos em “tribunais do crime”, ações para a proteção da flora e contra criminosos envolvidos com extorsões e lavagem de dinheiro ilícito, além do atendimento ágil ao caso de soterramento após o desabamento de uma gruta na cidade de Altinópolis.

Polícia Militar

Por parte da PM, foram homenageados os cabos Solange de Jesus Santos e Simone Nascimento Duarte, integrantes do 13º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M). As duas policiais estavam em uma Base Comunitária de Segurança, na região do Pari, no centro da capital, quando uma família solicitou socorro para uma criança recém-nascida que havia se engasgado e parado de respirar. Graças ao preparo e agilidade das PMs, a menina, de oito dias de vida, foi salva por meio da realização da manobra de Heimlich para desobstrução das vias aéreas. O fato ocorreu no dia 29 de novembro do ano passado.

O cabo Matheus Lopes Braun e o soldado Renan Carlos Candido, do 5º BPM/M, também foram agraciados. A equipe foi reconhecida por uma ocorrência atendida no dia 11 do mês passado, em uma comunidade na zona norte de São Paulo. Na ocasião, duas pessoas que seriam mortas por criminosos durante “tribunais do crime” foram resgatadas pelos policiais, sendo uma delas procurada pela Justiça. Um homem, que confessou ter sequestrado uma das vítimas com a intenção de ceifar sua vida, foi detido.

Outros condecorados foram o cabo Clebson Ferreira Francisco e o soldado Jefferson Farias Malharelli, do 29 º BPM/M. A dupla recebeu o certificado por uma ocorrência atendida no dia 26 de novembro de 2021, também na Capital. Na data dos fatos, os policiais se depararam com um veículo caracterizado como viatura, o qual era produto de roubo. Foi realizada abordagem e dois indivíduos detidos. Dentro do automóvel foram encontrados um distintivo policial, um simulacro de arma de fogo, um giroflex e uma corneta.

Os cabos Kleber Fernandes Pinto e Leandro Ferreira Galvão, integrantes do 8º BPM/M, também foram homenageados durante a cerimônia. Eles foram reconhecidos pela detenção de três autores do roubo de uma motocicleta, no bairro Vila Matilde, na capital paulista. O fato ocorreu no dia 5 do mês passado.

Completando o time de agraciados da PM, também receberam o certificado o tenente Pedro Ivo Rodrigues Vieira Guedes, o cabo Luiz Ricardo Santana e o soldado Silvio Gomes dos Santos, integrantes do 20° Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I). A equipe foi condecorada pelo salvamento de uma família de cinco pessoas, sendo uma criança e dois idosos, após o carro que ocupavam cair em um córrego e ficar submerso, no dia 30 de dezembro do ano passado.

Polícia Civil

Representando a Polícia Civil, foram homenageados o delegado Evandro Luiz Melo Lemos, o investigador-chefe Alexandre Nascimento da Silva Teixeira e o escrivão Marco Antônio Maris, que pertencem à 2ª Delegacia de Polícia da Divisão de Investigações sobre Infrações contra o Meio Ambiente, do Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC). O trio foi reconhecido pela operação “Imobiliária do Crime”, a qual foi deflagrada em duas etapas, no ano passado, para combater uma organização criminosa que destruiu 40 hectares de vegetação da Mata Atlântica para construir loteamentos clandestinos, na zona sul de São Paulo. Como resultado da ação, foram apreendidos 46 veículos, bloqueadas 27 contas bancárias e identificados 12 envolvidos.

Por parte da região de São José do Rio Preto, foram agraciados os investigadores Luiz Fernando Franchetti, Vinicius Augusto Correia Uliana e Jorge Fernando Galavotti Filho, integrantes da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) local. A equipe recebeu o certificado pela prisão de três autores do furto a uma joalheria, em um centro de compras da cidade, no dia 17 de dezembro.

As prisões ocorreram após forte trabalho investigativo e de inteligência dos policiais civis, os quais também identificaram um quarto suspeito. De acordo com as apurações, os criminosos estariam envolvidos em outros delitos semelhantes, ocorridos no Estado de Goiás e no Distrito Federal. Em São Paulo, eles são investigados por crimes ocorridos em São Bernardo do Campo, Jundiaí, Piracicaba e Mogi-Guaçu.

Também foram condecorados o delegado Pablo Rodrigo França, o investigador Janio Kono Junior e o agente de telecomunicações Ricardo Antônio Porto Matazo, da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Presidente Prudente e da Unidade de Inteligência Policial (UIP) local. O trio foi reconhecido pela operação “Anteros”, a qual desmantelou uma organização criminosa atuante no território paulista e em outras seis unidades da federação, com foco em extorsões por meio de redes sociais e aplicativos de relacionamento virtuais, além de lavagem de dinheiro ilícito, causando prejuízo financeiro às vítimas de aproximadamente R$ 24 milhões. A ação, realizada em dezembro do ano passado, permitiu indiciar 210 pessoas e deter 122. Também houve o sequestro de R$ 5 milhões.

Polícia Técnico-Científica

Representando a Superintendência de Polícia Técnico-Científica (SPTC), receberam o certificado o perito criminal Hugo Ribeiro Morais, a fotógrafa técnico-pericial Marina de Almeida Caldeira, o desenhista técnico-pericial José Eduardo Baldo, o médico-legista Luciano Rocha Mendonça, o atendente de necrotério Márcio Henrique Xavier e o auxiliar de necropsia José Henrique Alves Ferreira.

O grupo, que integra o Núcleo de Perícias Criminalísticas de Ribeirão Preto, foi homenageado pelo atendimento ao caso em que nove bombeiros civis morreram soterrados após um desabamento na Gruta Duas Bocas, na cidade de Altinópolis, em outubro de 2021. Na ocasião, o preparo da equipe permitiu realizar com agilidade os exames periciais, bem como a identificação e liberação dos corpos das vítimas, não permitindo que o sofrimento dos familiares fosse prolongado.

O post Governo homenageia 54 policiais de SP que atenderam vítimas das chuvas na Bahia apareceu primeiro em Governo do Estado de São Paulo.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp