17°C
Few clouds

Governo investe na preservação do patrimônio histórico da antiga Vila Boa

“É a mãe de todas as cidades de Goiás”. A definição feita pelo governador Ronaldo Caiado para se referir à primeira capital goiana mostra a importância que o município de Goiás tem para a atual gestão estadual. A antiga Vila Boa, Patrimônio Cultural Mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), destaca-se por sua história e pelas riquezas culturais, arquitetônicas e naturais.

Desde 2019, o Governo de Goiás trabalha para destinar recursos que potencializassem os atributos marcantes da cidade. Para isso, já investiu mais de R$ 13,6 milhões. Os recursos passam pela retomada de grandes eventos, como o Fica, a Procissão do Fogaréu e as Cavalhadas, também pela restauração de prédios históricos, como os palácios da Instrução e Conde dos Arcos, e a criação de estruturas para o turista que percorrer o Caminho de Cora Coralina.

“Todo goiano se sente representado ao estar na cidade de Goiás. Uma obra lá significa ter o resgate daquilo que foi o início do nosso Estado. Tenho ligações familiares com a antiga Capital, onde vivi minha infância. Tenho boas recordações e fico alegre, como governador, em oferecer melhores condições de saúde, de moradia, de trafegabilidade, enfim, de melhorar a vida das pessoas do município”, ressalta Ronaldo Caiado.

Fica, Fogaréu e Cavalhadas
O Fica 2022 foi realizado, com público presencial, de 24 de maio a 5 de junho, e abordou a temática “Meio ambiente e saúde: onde estamos e para onde vamos”. O evento teve quatro mostras competitivas, com exibição de mais de 50 filmes nacionais e internacionais, além de shows de graça com artistas como Vanessa da Mata, Manso e outros. Foram empregados mais de R$ 4 milhões pelo Estado para a realização do festival.

Outro tradicional evento de Goiás que voltou com apoio do governo estadual foi a Procissão do Fogaréu. Neste ano, a atração recebeu aporte de R$ 260 mil por meio do Programa Estadual de Incentivo à Cultura – Goyazes. Com suas vestes coloridas, Farricocos cortaram a madrugada da quinta-feira Santa (14/04) na encenação que apresenta a busca por Jesus Cristo. O evento foi acompanhado por milhares de pessoas, em um grande espetáculo teatral a céu aberto.

E para ir além, o Governo de Goiás também trouxe de volta as Cavalhadas para antiga Capital, evento que há 70 anos não era realizado no município. A atual gestão garantiu a inclusão do município no circuito que é realizado todo ano pelo Estado. O evento na antiga Vila Boa está previsto para os dias 11 e 12 de outubro. Com a entrada de Goiás, a expectativa é incrementar o turismo na cidade, movimentar a economia e ampliar o cenário cultural.

Caminho de Cora
Única trilha de poesias em todo o mundo, o Caminho de Cora Coralina, homenagem à poetisa vilaboense de renome internacional, receberá R$ 2,1 milhões em investimentos do Governo de Goiás para sua estruturação, visando melhor recepcionar quem planeja desbravar os cerca de 300 quilômetros do percurso e gerar empregos para a região.

Memória de Goyaz
Dentro do tradicional Cine Teatro São Joaquim, funciona também o Museu da Memória de Goyaz, espaço que reunirá imagens e sons sobre histórias, cultura e a memória de Vila Boa. A unidade será formada por acervos de fazedores de cultura, memorialistas, artistas, fotógrafos, cineastas, poetas, políticos, músicos e de famílias da cidade.

Palácio Conde dos Arcos
Na reforma do Palácio Conde dos Arcos, residência oficial do governador de Goiás por mais de 180 anos e patrimônio tombado, o Executivo estadual já investiu mais de R$ 390 mil em reparos parciais e emergenciais, como a substituição do assoalho, a pintura de paredes, reformas nas esquadrias de janelas e portas, além de tratamento do piso com cupinicida.

O edifício também recebeu um trabalho com técnicas de engenharia praticadas na época de seu erguimento, mescladas com outras recentes, para o zelo de suas características originais. A previsão é de que, com a finalização dessa primeira etapa, o local passe por uma restauração completa. A Secult já liberou R$ 6 milhões para a revitalização do espaço.

Ainda em 2022, o Governo de Goiás irá investir R$ 33 milhões na revitalização, musealização e restauro de cinco unidades culturais e nove igrejas pelo estado, por meio do Projeto Fé, Religiosidade e Devoção. O Conde dos Arcos está entre os espaços a receber aportes da ação na cidade, assim como as igrejas de Santa Bárbara, de São João Batista, no Arraial de Ferreiro, e de Nossa Senhora Aparecida, no Povoado das Areias.

Palácio da Instrução
Presente de 294 anos para a cidade, a reinauguração do Palácio da Instrução deu novo brilho à primeira edificação em estilo art déco de Goiás. O local, que integra a relação de bens históricos tombados pela Unesco, foi construído entre 1928 e 1929.

A gestão estadual investiu R$ 888,2 mil na execução da reforma e entrega do espaço, que funciona como sede da Coordenação Regional de Educação (CRE) da cidade de Goiás. A obra foi entregue em julho de 2021.

O post Governo investe na preservação do patrimônio histórico da antiga Vila Boa apareceu primeiro em Agência Cora Coralina de Notícias.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp