27°C
Clear sky

HGG amplia cirurgias eletivas para pessoas privadas de liberdade

Desde maio, o Hospital Estadual Alberto Rassi (HGG) vem trabalhando numa nova etapa de atendimento aos pacientes privados de liberdade, com a estruturação de uma nova ala, composta de oito leitos de internação, prestando atendimento para mais de 30 pacientes até o momento. 

Recentemente, HGG recebeu as equipes das secretarias da Saúde (SES), da Segurança Pública (SSP), Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (Dgap) e Gerência de Assistência Biopsicossocial para uma visita técnica à Unidade de Direitos Humanos do HGG, onde são realizados procedimentos que compõem o Programa de Cirurgias Eletivas para Pessoas Privadas de Liberdade.

Visando garantir um menor deslocamento desses usuários para outras unidades, os exames pré-operatórios, bem como todo o preparo para cirurgias, são realizados no hospital, durante uma única internação, assegurada por uma equipe de agentes penitenciários durante as 24 horas. O diretor-geral da DGAP, Josimar Pires, agradeceu a parceria com o HGG e ressaltou que instituições parceiras fazem toda a diferença na assistência da população carcerária do Estado de Goiás.

“O HGG está de parabéns, estão fazendo um trabalho muito importante, não só para a população privada de liberdade, mas também para toda segurança pública. O espaço aqui é unificado, facilita muito o trabalho de segurança, além claro, da grande importância desse trabalho social, que humaniza o sistema penitenciário goiano. Vários desses presos aguardavam essas cirurgias há anos, antes mesmo de serem reclusos, por exemplo. Essa oportunidade aqui, é uma chance de se curar de uma enfermidade que antes eles não tinham condições. Enfim, hoje é um dia de muita felicidade para todos nós”, pontuou.

A superintendente de Saúde Mental e Populações Específicas da SES, Milena Benfica, explicou que a pauta de cuidados com a população privada de liberdade ainda desperta preconceitos. “Todos nós somos seres humanos, todos temos direitos assistenciais. Nesse momento, acompanhamos aqui o compromisso da SES e do HGG com esse público. Acredito que vamos aumentar ainda mais o número desses atendimentos, expandindo para todos que precisam. Toda boa ação gera uma reação! Quando a pessoa é tratada com dignidade, ela volta para sociedade com dignidade. Tenho certeza que esse projeto continuará sendo um sucesso”, destacou.

O diretor-geral do HGG, José Cláudio Romero, acompanhou a visita e fez questão ressaltar que o trabalho na unidade de saúde é realizado com muita tranquilidade e cautela. “Não tem distinção no atendimento, todos são tratados de forma coerente e humanizada. É um trabalho que temos o prazer de fazer. Acreditamos que cuidar das pessoas é uma missão e estamos cumprindo a nossa”, finalizou.

Texto e foto: Suzana Meira/Idetch

O post HGG amplia cirurgias eletivas para pessoas privadas de liberdade apareceu primeiro em Agência Cora Coralina de Notícias.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp