26°C
Few clouds

Liga dos Campeões: Manchester City vence PSG de Neymar e está na final

O brasileiro Neymar bem que tentou, mas não conseguiu impedir o Manchester City (Inglaterra) de derrotar o PSG (França) por 2 a 0, nesta terça-feira (4) na Inglaterra, e de alcançar pela primeira vez na história uma final de Liga dos Campeões.

RESULT

Manchester City reach their first ever Champions League final!
@ManCity become 42nd club to reach the European Cup showpiece
Mahrez strikes in either half for hosts

Who impressed you most?#UCL

— UEFA Champions League (@ChampionsLeague) May 4, 2021

A equipe comandada pelo técnico espanhol Pep Guardiola iniciou a partida com uma considerável vantagem, pois sua equipe venceu o confronto de ida por 2 a 1 na última semana. Agora, o City enfrentará o vencedor de Chelsea (Inglaterra) e Real Madrid (Espanha), que voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (5) após empatarem em 1 a 1. A decisão da competição está programada para o dia 29 de maio, em Istambul (Turquia).

O grande destaque da partida desta terça foi o atacante argelino Mahrez, que abriu o placar aos 11 minutos após aproveitar rebote de chute bloqueado do belga Kevin De Bruyne para bater cruzado.

Riyad Mahrez has been directly involved in 6 goals in his last 5 Champions League games for Manchester City (4 goals, 2 assists) #UCL pic.twitter.com/48Ph6KrMDw

— UEFA Champions League (@ChampionsLeague) May 4, 2021

O PSG sentiu muito a falta do atacante Kylian Mbappé, que, com lesão na panturrilha, foi forçado a assistir ao jogo do banco de reservas.

A equipe de Pep Guardiola ampliou a vantagem aos 18 minutos do segundo tempo com um contra-ataque clássico, no qual o inglês Phil Foden apareceu pela esquerda e, após uma rápida troca de passes com De Bruyne, tocou para Mahrez empurrar para o gol.

Antes de alcançar pela primeira vez a decisão da Liga dos Campeões, o time inglês teve como melhor campanha a da temporada 2015/2016, quando foi superado pelo Real Madrid nas semifinais.

* Com informações da agência de notícias Reuters.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp