30°C
Clear sky

Lira defende desvinculação e desindexação orçamentária para atender áreas essenciais

Marina Ramos/Câmara dos Deputados
Lira: vinculação e indexação corroem o Orçamento

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), defendeu novamente o fim da vinculação e da indexação do Orçamento, para garantir uma maior mobilidade na aplicação de recursos em áreas essenciais, como, por exemplo, a preservação ambiental. Segundo ele, a mudança não prejudica setores da educação e da saúde.

Lira afirmou ser um “convertido da responsabilidade fiscal”, mas disse que é importante discutir com sinceridade as mudanças orçamentárias para que o País não fique discutindo questões “micro”, como subsídios a combustíveis ou aumento de salário do funcionalismo, por, supostamente, ameaçar o teto de gastos. Para o presidente, com essa mudança, as pautas necessárias do Brasil serão tratadas de forma a atender melhor todos os setores. Ele participou de evento nesta quinta-feira (4) promovido pela XP Investimentos.

“Falar que, quando desvincular vai faltar dinheiro para saúde e para educação, é uma balela, uma falácia”, disse Lira. “Não vai faltar, o problema é que toda vinculação e indexação corrói o Orçamento, e aí ficamos sem poder de mobilidade para atender áreas essenciais, como a preservação das nossas florestas”, reforçou.

“Temos a melhor lei ambiental do mundo, o que nos falta é fiscalizar e dar condições para que pessoas que moram em áreas remotas não degradem”, afirmou.

Eleições

Lira afirmou que o Congresso Nacional vai contribuir com o País, independentemente do presidente eleito democraticamente nas eleições de outubro. ele reforçou que nenhuma matéria econômica estruturante deixará de ter o Parlamento como seu principal fiador.

Segundo ele, o eleito em outubro necessariamente vai ter que dialogar com o Legislativo. Arthur Lira reforçou que o Congresso continuará a ser a balança da polarização política do País.

“Precisamos de tranquilidade, de previsibilidade e de trabalhar para que nenhum poder se sobreponha a outro. Somos um País democrático, responsável, com instituições firmes e sérias. Sempre seremos um País de paz e um País democrático”, afirmou Lira.

O presidente também reforçou que, nos eventos previstos para 7 de setembro, o País vai comemorar o bicentenário de sua independência com tranquilidade, sem tumulto, ameaça ou bagunça.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp