27°C
Clear sky

Novo arcebispo diz que está ansioso para chegar a Goiânia

Dom João Justino de Medeiros Silva deixa Montes Claros para assumir a arquidiocese metropolitana de Goiânia

Assim que foi anunciada a nomeação pelo Papa Francisco, o novo arcebispo metropolitano de Goiânia, Dom João Justino gravou um vídeo direcionado aos goianienses em que afirma está ansioso para chegar a capital goiana. “Estou ansioso para chegar a Goiânia e iniciar esta missão que a igreja me confiou”, ressaltou.

 Ele também pediu a intercessão de Nossa Senhora Auxiliadora (padroeira de Goiânia) e benção a Dom Washington Cruz. “Pedimos bênçãos a Dom Washington que está concluindo a missão de pastor, a quem devemos todos agradecimentos”, concluiu.

O Papa Francisco acolheu, ontem, 9 de dezembro, o pedido de renúncia apresentado por dom Washington Cruz ao governo pastoral da arquidiocese de Goiânia, por motivo de idade, conforme o cânon 401 do Código de Direito Canônico. Foi escolhido pelo Santo Padre como sucessor de dom Washington o arcebispo de Montes Claros (MG), dom João Justino de Medeiros Silva, atual presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Cultura e a Educação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A Presidência da CNBB saudou o novo bispo e enviou agradecimentos ao novo bispo emérito.

Quem é ele

Dom João Justino de Medeiros Silva é doutor e mestre em Teologia pela Universidade Gregoriana de Roma. Ingressou no Seminário Arquidiocesano Santo Antônio em 1984 onde cursou Filosofia e Teologia. Graduou-se em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Juiz de Fora e em Pedagogia pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora (CES/JF).

Dom João Justino foi perito da Comissão Episcopal para a Doutrina da Fé da CNBB. Na Arquidiocese de Juiz de Fora, foi Vigário Episcopal para a Cultura, Educação e Juventude e secretário do Colégio de Consultores.

Foi professor e coordenador do curso de Teologia do CES/JF. Em 2004, tornou-se reitor do seminário arquidiocesano de Juiz de Fora (MG). Na cidade mineira, também foi pároco-solidário na paróquia Nossa Senhora da Conceição de Benfica e paróquia do Bom Pastor. Também foi vigário paroquial na paróquia de São Pedro.

Filho do casal Justino Emílio de Medeiros Silva e Maria de Lourdes Medeiros Silva, dom João Justino nasceu no dia 22 de dezembro de 1966 em Juiz de Fora (MG). Foi ordenado padre em 13 de dezembro de 1992. O Papa Bento XVI o nomeou bispo auxiliar da arquidiocese de Belo Horizonte no dia 21 de dezembro de 2011. Dom João Justino recebeu a ordenação episcopal no dia 11 de fevereiro de 2012, na Catedral de Santo Antônio, em Juiz de Fora (MG).

Na arquidiocese de Belo Horizonte, dom João Justino de Medeiros Silva foi o bispo referencial da região episcopal Nossa Senhora da Piedade (Rensp), que abrange oito municípios, coordenando a ação evangelizadora e pastoral, o funcionamento e a infraestrutura da Cúria Regional. Esteve em permanente contato com os padres, religiosos e comunidades de fiéis desta região para escuta, orientações e avaliações. Presidiu os Conselhos Pastoral Regional, Presbiteral Regional, Pastoral de Forania, Pastoral Paroquial, Paroquial de Administração e Pastoral de Comunidade na Região Episcopal.

O bispo trabalhou na articulação do Núcleo de Estudos Sociopolíticos (Nesp) na região episcopal Nossa Senhora da Piedade. Também realizou acompanhamento pastoral das unidades da PUC Minas, do Colégio Santa Maria (CSM) e demais instituições vinculadas presentes nessa Região. Discutiu e definiu com as instâncias competentes provisões e transferências.

Dom João Justino supervisionou e orientou trabalhos no Tribunal Eclesiástico, na Secretaria Geral de Relações Sociais (SGRS) e na Secretaria Geral de Relações Eclesiais (SGRE). Acompanhou a vida, a administração e a ação evangelizadora dos santuários da arquidiocese, coordenando o Conselho Arquidiocesano de Reitores. Coordenou a administração da Mitra nos respectivos santuários, incentivando projetos evangelizadores e de infraestrutura.

Acompanhou o seminário arquidiocesano Coração Eucarístico de Jesus (SACEJ). No Serviço de Animação Vocacional, orientou a equipe de coordenação, articulando o Conselho Arquidiocesano de Movimentos e Novas Comunidades (Camenc), além de outras instâncias para a promoção e animação das vocações.

Orientou o desenvolvimento dos trabalhos do Vicariato Episcopal para a Ação Pastoral. Supervisionou o andamento, participou de reuniões, orientou as coordenações, concede pareceres, incentivou promoções e novos projetos na Mitra Arquidiocesana e no Fundo de Solidariedade. No Comitê Gestor da Presidência (CGP), participou de reuniões, informa-se, faz indicações e responsabiliza-se pelas questões envolvendo orçamentos, metas, e auxiliando nas orientações.

Em 2015, foi eleito presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Cultura e Educação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e membro do Conselho Episcopal Pastoral (Consep), reeleito para as mesmas funções em 2019. Também foi eleito presidente da Comissão Episcopal para a Educação, do Regional Leste 2 da CNBB (Minas e Espírito Santo). Dom João Justino foi nomeado, em março de 2016, membro da Comissão de Cultura e Educação do Setor Universidades do Conselho Episcopal Latino-americano (Celam), e responsável pelas pastorais de Educação e Cultura no Cone Sul.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp