21°C
Clear sky

Novos arquivos promovem a segurança documental na Coordenação Regional de Rio Verde

O arquivamento de documentos na Coordenação Regional de Educação (CRE) de Rio Verde, no Sudoeste goiano, ganhou mais segurança e organização. Neste mês de março, a Superintendência de Gestão Administrativa da Secretaria de Estado da Educação de Goiás (Seduc) fez a instalação de arquivos deslizantes para uso da CRE nos departamentos de Arquivo e Recursos Humanos (RH).

Os novos equipamentos servem para suprir a demanda de dossiês funcionais, certificados e históricos, por exemplo. “Estamos falando de documentos que ficam armazenados exclusivamente nas sedes das Coordenações Regionais e tem guarda estimada em anos ou décadas”, explica Leonardo de Lima Santos, superintendente de Gestão Administrativa da Seduc.

Segundo ele, cada tipo de documento tem um tempo de guarda específico, obedecendo uma Tabela de Temporalidade definida por uma comissão responsável e baseada no manual de arquivo nacional.

Na Regional de Rio Verde, a coordenadora local, Karen Proto, afirma que os arquivos serão utilizados para guardar as documentações de 21 escolas já extintas, públicas e particulares, além de entidades educacionais beneficentes, filantrópicas e fundações. “Esses novos arquivos vão promover segurança e agilidade no processo de guarda e atendimento”, diz ela.

Proteção

A servidora Mairla dos Santos, responsável pelo departamento de arquivos da CRE de Rio Verde, confirma a afirmação de Karen. “Com os novos arquivos podemos proteger bem a documentação, que poderia se desgastar com a claridade, a poeira, a umidade e a presença de insetos”, acrescenta.

Entre as documentações sob a guarda da Coordenação Regional estão históricos completos de abertura e extinção de unidades escolares, da vida escolar de alunos e livros de ponto de servidores estaduais.

As 21 escolas extintas com documentação em guarda do setor de Inspeção Escolar da CRE de Rio Verde são os colégios Cepec, Monte Moriá, Albert Einstein, além do Instituto Moreira Guimarães, a Fundação Beneficente São João da Escócia, Colégio Estadual Otaniel Mota, Cooperativa Educacional de Trabalho Formação, Colégio Educar para Crescer EPC, Fundação Presbiteriana de Educação, Escola Maria Bueno Monteiro, Colégio Êxito, Colégio Rioverdense, Escola Pássaro Azul, Escola do trabalho/Escola TecBrás, Escola Gama, Centro Educacional Seletivo e Colégio Monte Sinai.

Investimentos de R$ 65 mil

O Governo de Goiás investiu R$ 65.200,00 na aquisição dos arquivos deslizantes para a CRE de Rio Verde. Segundo Leonardo, a Coordenação Regional foi uma das escolhidas pela Seduc para essa primeira etapa do projeto “por ser uma das quatro maiores CREs do Estado de Goiás em volume documental”.

O post Novos arquivos promovem a segurança documental na Coordenação Regional de Rio Verde apareceu primeiro em Agência Cora Coralina de Notícias.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp