33°C
Overcast clouds

Operação conjunta resulta na apreensão de 329 kg de cocaína em navio

Uma operação conjunta entre Receita Federal, Marinha do Brasil, Polícia Federal e Guarda Portuária resultou na localização de várias bolsas de cocaína em um navio panamenho atracado no Porto de Santos na sexta-feira (20).

Inicialmente, foram realizadas buscas na praça de máquinas e outros locais internos da estrutura do navio. Após minucioso trabalho das equipes, foram localizadas seis sacolas de cocaína, com peso total 174,47 kg.

Entretanto, devido a ocorrências anteriores de ocultação de bolsas contendo cocaína no compartimento denominado “sea chest”, que fica abaixo da linha d’água e é utilizado para coleta de água do mar para suprir os sistemas de refrigeração do navio, foi solicitada a atuação de mergulhadores da Marinha do Brasil.

Após novas buscas, foram localizadas mais cinco sacolas de cocaína preparadas e ocultadas naquele compartimento, com peso total de 154,48 kg.

No total, foram apreendidas, durante a operação, onze sacolas contendo 328,95 kg de cocaína.

As diferentes formas de ocultação da droga levam as autoridades a suspeitarem que possa ter ocorrido a atuação de quadrilhas diferentes, que escolheram o mesmo navio para a tentativa do envio da droga para o exterior. O navio estava carregado com açúcar e tinha como destino Lagos, na Nigéria.

A droga ficou sob a responsabilidade da Polícia Federal, que prosseguirá com as investigações.

 

Com informações da Receita Federal

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp