19°C
Scattered clouds

Os flagrantes das câmeras de videomonitoramento

Roubos, brigas, acidentes, uso de drogas e casais em cenas quentes pelas ruas da cidade são os flagrantes mais comuns

Para quem acredita que as câmeras estão de enfeite no alto dos postes em pontos estratégicos na cidade está enganado. A Revista Aparecida em Pauta teve acesso a algumas imagens de flagrantes de agressões, acidentes, roubos, sequestros, uso de drogas e cenas pra lá de quentes de alguns casais, que parecem ignorar que estão sendo filmados. Tudo é registrado 24 horas por dia pela Central de Videomonitoramento da prefeitura.

Os casos de furtos e roubos são repassados para a Polícia Militar e Guarda civil, que após confirmarem no local encaminham para as Delegacias para os procedimentos cabíveis.

 As câmeras se tornaram ferramentas úteis de trabalho para a segurança pública de Aparecida. O serviço não é simplesmente um observatório e sim uma central que vem contribuindo para evitar aglomerações estranhas nas ruas e praças da cidade.

A integração entre Guarda Civil e Polícia Militar conta com a Superintendência Municipal de Trânsito de Aparecida (SMTA), O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma). O monitoramento, além de vigiar, possui agentes que aplicam autos de infração de trânsito ao longo de todas as vias monitoradas.

   É possível imaginar um futuro não muito distante em que câmeras de monitoramento não terão como propósito exibir imagens. Elas poderão se tornar unidades de captação de dados processados pela própria câmera e que, associados aos dados de outras câmeras, gerem informações relevantes em forma de gráficos, por exemplo. Essa é uma hipótese baseada no que a tecnologia já permite fazer hoje.

A perspectiva da prefeitura é de conseguir recursos junto ao governo federal para a instalação de novo equipamentos para ampliar o monitoramento das ruas da cidade, auxiliando ainda mais no combate ao crime e também a atos de vandalismo.

 

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp